Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Motor / Vai ter ou não vai?

Mesmo correndo risco, GP de São Paulo de F1 tem ingressos esgotados

Redação Publicado em 29/06/2021, às 18h48

Imagem Mesmo correndo risco, GP de São Paulo de F1 tem ingressos esgotados
Por enquanto, Grande Prêmio de São Paulo está confirmado no calendário 2021 da Fórmula 1
Reprodução / f1saopaulo.com.br

A organização do Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, marcado para os dias 5, 6 e 7 de novembro, no Autódromo de Interlagos, anunciou, nesta terça-feira (29), que os ingressos para a prova estão esgotados. Ao todo, foram colocados três lotes à venda, com todos sendo zerados em questão de poucos dias.

O último lote foi liberado para o público em geral na sexta-feira (25) e incluiu a arquibancada H, no final do S do Senna, que só foi aberta por conta da demanda intensa pelos dois lotes anteriores. Os demais setores de arquibancadas são os mesmos dos anos anteriores. Na área VIP, haverá o lançamento do espaço Grand Prix Club.

Segundo os organizadores, ainda há a possibilidade de abertura de um ou até mais lotes, dependendo do protocolo de combate à pandemia definido pelas autoridades e também de como seguirá a própria situação da pandemia na capital paulista.

Por outro lado, os mesmos motivos poderão causar o cancelamento da prova, como ocorreu no ano passado. A organização garante, no entanto, que quem já garantiu lugar para 2021, terá o ingresso válido para 2022, caso a prova não aconteça este ano. Uma lista de espera foi aberta para cadastro de interessados no site oficial do evento.

Vale lembrar que o calendário da Fórmula 1 já sofreu algumas alterações em 2021. Os GPs do Canadá, Turquia e Singapura foram cancelados, enquanto as provas na Austrália e na China foram adiadas, esta última ainda sem data para ser realizada. No ano passado, o GP em solo brasileiro foi um dos vários cancelados, assim como Austrália, Estados Unidos, Canadá, México, Vietnã e Holanda, entre outros.