Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Motor / Direitos de transmissão

TV Cultura renova transmissão de Fórmula E por mais uma temporada

Emissora transmite a partir do dia 28 categoria que usa carros elétricos

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 12/01/2022, às 11h44

O brasileiro Lucas Di Grassi foi campeão da Fórmula E em 2017 - Reprodução / Instagram @fiaformulae
O brasileiro Lucas Di Grassi foi campeão da Fórmula E em 2017 - Reprodução / Instagram @fiaformulae

A TV Cultura, que na última sexta-feira (7) anunciou a transmissão das próximas três temporadas da Fórmula Indy, seguirá também exibindo com exclusividade na TV aberta a Fórmula E.

A partir do dia 28 de janeiro a emissora transmitirá as corridas dessa categoria, que não utiliza combustíveis fósseis, mas carros movidos a energia elétrica. E, neste ano, haverá adoção de novo formato de treinos classificatórios.

“A Fórmula E tem desenhado uma trajetória de muito sucesso”, disse Vladir Lemos, diretor de Esportes da TV Cultura.

“Temos pilotos brasileiros participando, a questão da sustentabilidade como missão, que é nossa também. A Fórmula E tem tudo para cativar cada vez mais um número maior de fãs e telespectadores”, acrescentou Vladir.

Os treinos classificatórios passarão a ter os pilotos buscando suas melhores voltas em um primeiro momento e, em seguida, irão travar disputas individuais de acordo com os resultados. Em uma espécie de “mata-mata”, que fará da imprevisibilidade a grande marca da disputa pela pole.

A temporada também terá o piloto brasileiro Lucas Di Grassi em uma nova equipe, a Venturi Racing, que terminou em segundo lugar na última temporada.

“A gente vai com tudo tentar honrar o Brasil, tentar levantar a bandeira nos pódios em cada corrida e tentar chegar mais uma vez na disputa do título”, afirmou o piloto.

Outro brasileiro, Sergio Sette Câmara, também estará na disputa pelo terceiro ano seguido. O piloto da Dragon Penske estreou novo carro no ano passado. Aos 23 anos, ele espera fazer a melhor temporada da carreira.

A narração do campeonato será de Marco de Vargas e os comentários de Fábio Seixas. Ambos já fizeram a cobertura da temporada passada.