Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Adidas apresenta uniformes feitos para o Cruzeiro

Marca vestirá o time mineiro a partir de 2020 por três temporadas

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 26/12/2019, às 11h59

Imagem Adidas apresenta uniformes feitos para o Cruzeiro

O Cruzeiro e a Adidas decidiram antecipar o anúncio da parceria entre ambos, que passará a valer a partir de 1° de janeiro de 2020. Por meio de um comunicado à imprensa e posts nas redes sociais da marca e do clube, as primeiras camisas foram reveladas ao público.

A falta de maior estardalhaço para o anúncio se justifica. Recém-rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro vive um momento conturbado fora de campo, com renúncia de presidente, troca de diretoria e muita reclamação da torcida.

Goleiro Fábio foi um dos astros usados pela Adidas para anunciar a nova camisa / © Divulgação - Adidas

Dessa forma, a empresa preferiu se afastar do clima instável do clube no anúnio. O comportamento foi similar ao que a mesma Adidas teve em maio, quando anunciou que seria a nova parceira do Internacional, também em contrato válido a partir de 2020.

A Adidas será responsável pela confecção dos uniformes masculino, feminino e infantil do Cruzeiro, retomando parceria que remonta aos anos 1980.

"Em nossa história, tivemos um momento importante com a adidas em que desenvolvemos uma das camisas preferidas dos torcedores. Estamos confiantes de que repetiremos camisas tão inspiradoras quanto às que foram desenvolvidas nos anos 80. A torcida, que já solicitava esse patrocínio nas redes sociais, foi parte fundamental em nossa escolha", afirmou Rene Salviano, diretor comercial e de marketing do Cruzeiro.

O clube tinha contrato com a Umbro, que deixará de ser fornecedora após três anos de contrato com o Cruzeiro. A marca representada no Brasil pelo Grupo Dass havia substituído a Penalty, que em dificuldades financeiras desistiu de patrocinar clubes de futebol no Brasil em 2016.
A Adidas ficará pelo menos até 2022 no Cruzeiro, assim como no Internacional.