Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Adidas refuta estereótipos em campanha para mulheres

Marca mais uma vez reforça aproximação com o público feminino

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 16/01/2020, às 08h00 - Atualizado às 11h00

Imagem Adidas refuta estereótipos em campanha para mulheres

A Adidas apresentou um novo conceito focado no público feminino. Chamado de “Reimagine Sport” (Repense o Esporte), a marca alemã reforça que o esporte é para todos, sem barreiras para quem não tem o biotipo esperado por quem pratica esportes.

O plano é abranger todo tipo de corpo e diversas modalidades. A coleção baseada no novo conceito aborda vestuário esportivos e roupas casuais. Em nota, a Adidas afirmou que cada peça foi criada “para inspirar a atleta que existe em cada mulher”.

A campanha teve a presença de diversas mulheres, desde atleta de ciclismo, professora de yoga e até ativista do movimento “body positive”, que pede para as pessoas (e principalmente as mulheres) amarem o próprio corpo e se aceitarem como são.

“As mulheres de hoje estão redefinindo o que o esporte significa para elas, desde dança, esqui, yoga até o skate, elas estão fazendo de tudo. Esporte é movimento e trata-se de sair e aproveitar o que o ele pode fazer pelo seu corpo e sua mente. Esta coleção foi feita para elas. Estamos convidando as mulheres para chegarem lá e seguirem seus caminhos”, comentou a gerente geral da Adidas, Aimee Arana.

A nova campanha faz parte do esforço que a Adidas e outras marcas esportivas têm feito para se aproximar do público feminino nos últimos anos. A marca alemã, por exemplo, levou a campanha “she breaks barriers”, ou “ela quebra barreiras”, desde o fim de 2018, sempre com foco na força da mulher no esporte.

Em 2019, a companhia chegou até a contratar a cantora Beyoncé como forma de reforçar a presença da marca entre o público feminino. A estratégia foi traçada em 2015 pela Adidas para se aproximar das mulheres.

Diversas marcas esportivas têm tomado caminho semelhante. A principal rival da Adidas, a Nike, é o maior exemplo. A empresa americana tem feito diversas campanhas com tom feminista nos últimos anos para também se firmar o público feminino.