Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

África do Sul gastará R$ 45 mi em marketing pós-Copa

Redação Publicado em 04/08/2010, às 14h35

A Copa do Mundo acabou há 24 dias, mas a África do Sul ainda não deixou de investir na competição. Nesta semana, o Ministério do Turismo do país que sediou o evento anunciou um gasto de 188 milhões de rands (R$ 45 milhões) em marketing posterior à competição.

O investimento é uma tentativa da África do Sul para prolongar a imagem positiva que o país desenvolveu com a Copa do Mundo e os efeitos que isso gerou para o fluxo de turistas na região. A ideia da campanha é impactar 1,4 milhão de pessoas em todo o planeta.

“Nós focamos todas as campanhas em mostrar um país amigável para o mercado global. Entretanto, a Copa do Mundo finalmente mudou de forma enfática a percepção do mundo sobre a África do Sul”, Roshene Singh, diretora de marketing da pasta.

A ideia da África do Sul é dividir o investimento entre o Ministério, que deve entrar com 88 milhões de rands, e as embaixadas do país em outros lugares. Essas instituições custeariam os outros cem milhões de rands.

“Vamos concentrar nossos esforços de marketing para termos pacotes convidativos para a África do Sul nos próximos meses. Também incluiremos destinos próximos, como o Zimbábue ou Moçambique”, completou Singh.

Nos próximos dias, o Ministério do Turismo da África do Sul lançará em "mbito mundial uma campanha chamada “20 experiências em dez dias”, que usará os principais atrativos turísticos do país e terá a Copa do Mundo como chamariz.