Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Agência paraguaia almeja case com Corinthians

Na primeira partida, Corinthians venceu no Pacaembu

Duda Lopes em São Paulo - SP Publicado em 30/03/2012, às 20h14

Imagem Agência paraguaia almeja case com Corinthians
Na primeira partida, Corinthians venceu no Pacaembu

Na primeira partida, Corinthians venceu no Pacaembu

Na próxima quarta-feira, o Corinthians entrará em campo para selar sua classificação na fase de grupos da Copa Santander Libertadores. E o que seria uma partida na capital Assunção, cidade do Nacional do Paraguai, será em Ciudad del Este, na fronteira com o Brasil. Por trás da mudança, está uma agência esportiva paraguaia que quer construir um case no local.

A empresa, chamada Online Gerenciamento Esportivo, tem como objetivo principal exibir Ciudad del Este como um local propício a receber grandes eventos. A ideia é fazer com que a partida entre Nacional e Corinthians sirva de exemplo de como a região pode receber atrações esportivas caso o planejamento seja bem executado.  

Segundo a assessora comercial do evento, Keila Conci, nem mesmo um grande lucro a agência espera com a partida. “Não podemos fazer um projeto de venda das publicidades porque a Conmebol mantém o direito de comercialização. A retorno será com as vendas de ingressos”, afirmou.

A agência comprou o direito de mando de campo ao pagar para o Nacional, que aceitou as condições, e conseguir o aval do Corinthians, que não se sentiu prejudicado com a mudança de estádio. As vendas dos ingressos começam na próxima segunda, e a empresa não foi econômica em seus preços.

O ingresso mais barato para o Corinthians custará R$ 90,00. No Pacaembu pela Copa Santander Libertadores, o clube paulista vende a R$ 30,00 para as arquibancadas aos integrantes do plano Fiel Torcedor. Serão 28 mil ingressos comercializados para a partida, sendo 25 mil para a torcida corintiana. A expectativa de público da organização é de 20 mil pessoas.

Conci explica como a agência chegou aos altos valores: “Se o jogo fosse em Assunção, o torcedor teria que gastar cerca de R$ 150,00 para chegar assistir lá. Além disso, no Pacaembu o ingresso chega a R$ 500,00, e aqui o maior valor é de R$ 180,00”, explicou.

O diferencial estará no esquema que será montado para receber a partida. A agência promete dar assistência e segurança a todos os torcedores desde fronteira até o estádio, que fica a três quilômetros da entrada no Paraguai.