Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Allianz Parque fecha com BB e coloca mais uma marca de seguradora no estádio

Banco ainda não revela detalhes do acordo, que terá um ano de duração

Duda Lopes - São Paulo (SP) Publicado em 23/03/2015, às 08h03 - Atualizado às 11h03

Imagem Allianz Parque fecha com BB e coloca mais uma marca de seguradora no estádio

O Banco do Brasil é novo patrocinador do Allianz Parque, o novo estádio do Palmeiras. A instituição financeira confirmou para a Máquina do Esporte o acordo de um ano, fechado diretamente com WTorre, que administra a arena.

O banco, no entanto, não abriu quais serão as propriedades utilizadas pela empresa no estádio. Segundo o site da ESPN, o que está acertado envolve benefícios exclusivos aos clientes portadores do cartão Ourocard em eventos na arena palmeirense, como descontos no tour de visitação, por exemplo. Em discussão, está a possibilidade do Banco do Brasil nomear um setor de cadeiras no local.

Procurada no fim da sexta-feira, a WTorre, que gere a arena do Palmeiras, não atendeu às ligações da reportagem.

O curioso na negociação é que envolve uma marca que concorre diretamente com a Allianz, detentora do principal acordo fechado com o antigo Palestra Itália. Ainda que o Banco do Brasil tenha entrado no projeto como instituição financeira, a empresa mantém um forte braço no setor de seguros, e com a mesma marca.

Essa não é a primeira vez que a Allianz recebe um concorrente em sua área neste ano. Em janeiro, o Palmeiras apresentou a Prevent Senior como patrocinador, com exposição no uniforme. A seguradora atua no ramo de saúde para a terceira idade.

Na época, a empresa alegou não fazer concorrência com a detentora do naming right da arena. A Prevent Senior vende para clientes físicos, enquanto a Allianz Saúde atua com clientes corporativos.

Independente da segmentação para se diferenciar no mercado, a Allianz tem faturamento quase quatro vezes maior do que a Prevent Senior. Mas o mesmo não pode ser dito do Banco do Brasil Seguros. E, caso seja considerada a Mapfre, que faz parte do grupo BB, a empresa alemã chega a ficar para trás no mercado brasileiro, com uma diferença de R$ 500 milhões em prêmios emitidos em 2013.