Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Amazon terá WTA no Reino Unido e Irlanda de 2020 a 2023

Como já possuía acordo com a ATP, empresa dominará o tênis nos dois países

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 12/06/2019, às 10h44

Imagem Amazon terá WTA no Reino Unido e Irlanda de 2020 a 2023

A Amazon anunciou, nesta quarta-feira (12), que fechou um acordo com a WTA para ter exclusividade sobre o tênis feminino no Reino Unido e na Irlanda a partir de 2020. A gigante do e-commerce transmitirá os torneios em sua plataforma de streaming, o Amazon Prime Video, até o final de 2023, totalizando quatro anos de parceria.

Pelo acordo, os assinantes da plataforma terão acesso a um mínimo de 49 torneios da WTA no primeiro ano de contrato. Na lista, estão torneios importantes como o BNP Paribas Open, em Indian Wells; o Miami Open; o Aberto de Madri; o China Open, em Pequim; o WTA Finals, em Shenzhen, na China; e o US Open. Ao todo, serão mais de 2 mil partidas ao vivo.

Vale lembrar que a Amazon também possui os direitos dos torneios da ATP para Reino Unido e Irlanda até 2023, o que faz da empresa praticamente dona das transmissões de tênis nos dois países pelos próximos quatro anos.

Foto: Reprodução / Twitter (@WTA)

"Assim que a oportunidade de concorrer aos direitos das mulheres no tênis se tornou disponível, não podíamos esperar para trazer a WTA para o Prime Video, dando aos clientes a chance de assistir o melhor do tênis feminino e masculino, tudo em um só lugar pela primeira vez. Estamos entusiasmados por ser a casa do tênis e ofereceremos aos telespectadores a cobertura mais abrangente, sem custo adicional para a afiliação Prime", declarou Alex Green, diretor europeu de esportes da Amazon Prime Video.

"Estamos entusiasmados com o fato de o Amazon Prime Video oferecer o melhor do tênis feminino e exibir nossos eventos premium e jogadoras de nível internacional para milhões de fãs em todo o Reino Unido e Irlanda. Ficamos muito impressionados com a visão deles para o nosso esporte e estamos confiantes de que a equipe do Prime Video será uma ótima parceira", afirmou Micky Lawler, presidente da WTA.

O conteúdo da WTA na Amazon estará disponível em todos os dispositivos conectados no aplicativo Prime Video, incluindo o Amazon Fire TV e o Apple TV, além de consoles de jogos e dispositivos móveis. Além disso, os consumidores do Reino Unido que assinam o Eurosport Player por meio do Prime Video Channels poderão assistir aos jogos de Roland Garros e do Australian Open, assim como destaques diários e cobertura ao vivo das finais masculinas e femininas destes Grand Slams por uma taxa adicional.