Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Análise: Idolatria prova força de marca de Ronaldo

Ronaldo não foi fenomenal com a camisa do Corinthians, mas abriu o caminho para a conquista do mundo

Erich Beting - São Paulo (SP) Publicado em 30/04/2019, às 07h43 - Atualizado às 10h43

Imagem Análise: Idolatria prova força de marca de Ronaldo

Ronaldo ganhou um Campeonato Paulista e uma Copa do Brasil com a camisa do Corinthians. Jogou cerca de dois anos pelo clube e esteve presente num dos maiores vexames recentes da história, que foi a derrota para o Tolima na Pré-Libertadores de 2011. Mesmo assim, o status dele para o clube é de ídolo do mesmo porte ou até maior do que grandes vencedores alvinegros.

Prova disso foi o lançamento da nova camisa do time, nesta segunda-feira (29). Ronaldo foi agraciado com uma quadra dentro da Arena Corinthians, além de colocar sua assinatura no novo uniforme e ter eternizada sua passagem com a camisa do clube. O que o Fenômeno fez dentro de campo não foi tão fenomenal a ponto de valer tamanha homenagem. Mas o que representou a chegada dele ao clube, em 2009, sim.

LEIA MAIS: Nike celebra Ronaldo em nova camisa e quadra do Corinthians

O Corinthians que se tornou papa-títulos da década começou a partir do desembarque do projeto Ronaldo. Como disse Luis Paulo Rosenberg à época: "O Corinthians tem um tamanho. O Corinthians com o Ronaldo tem outra dimensão".

Dito e feito.

Ronaldo elevou o patamar do clube, mexeu com o mercado de patrocínio, fez os times brasileiros sonharem com grandes voos. Quando o atacante decidiu pendurar as chuteiras, logo após a dolorosa derrota para o Tolima, o Corinthians conseguiu seguir com seu plano de voo. A vitória inédita da Libertadores no ano seguinte consolidou o plano fenomenal. E fez com que até mesmo o fracasso do ano anterior fosse descolado de Ronaldo.

Agora, dez anos após o primeiro gol, o atacante é homenageado como nunca antes na história corintiana. E, assim como foi há uma década, é uma confluência de fatores que auxilia a realização dessa homenagem. A Nike continua patrocinando o Corinthians e Ronaldo. A Nike decidiu, nos últimos tempos, resgatar a história para lançar modelos de camisas de seus patrocinados, como a branca da seleção brasileira. Ronaldo ainda tem excelente relação com o Corinthians e sua torcida.

A força de marca do Fenômeno continua a ser espetacular. Para a Nike e para o Corinthians, reforçar a relação de ambos com o ex-atacante é uma excelente oportunidade para gerar bastante notícia no mercado e, naturalmente, ampliar as vendas.

Ronaldo não conquistou o mundo com o Corinthians, mas com certeza abriu o caminho para que o sonho global do time começasse a se materializar. E é isso que o clube tenta perpetuar ao relembrar a breve história dele com a camisa alvinegra.