Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Após 15 anos, Unimed anuncia fim de parceria com Fluminense

Seguradora divulgou nota de despedida ao clube carioca

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 10/12/2014, às 12h05

Imagem Após 15 anos, Unimed anuncia fim de parceria com Fluminense

O patrocínio mais longevo do futebol brasileiro chegou ao fim nesta quarta-feira. Após 15 anos de parceria, a Unimed Rio anunciou que deixará o Fluminense.

Em comunicado oficial, a empresa afirmou que a decisão aconteceu após “uma revisão na estratégia de marketing”. A Unimed exaltou o período vitorioso do clube durante a parceria, com títulos do Campeonato Brasileiro, do Estadual do Rio de Janeiro e da Copa do Brasil.

A Unimed fechou com o Fluminense no momento mais complicado da história do clube. A equipe carioca disputava a Série C do Campeonato Brasileiro em 1999. Já no ano seguinte, conseguiu o acesso à divisão principal graças a criação da Copa João Havelange. Em 2002, o clube voltou a ser campeão carioca.

Nesse período, a seguradora afirma que a exposição da marca ajudou a empresa a atingir a liderança do mercado no Rio de Janeiro.

Em novembro deste ano, o clube já havia admitido à Máquina do Esporte que o patrocínio com Unimed deveria sofrer alterações em uma possível renovação. Em situação financeira mais frágil, a seguradora havia avisado que haveria uma redução de valores. Mas, no novo patamar de negociação, não houve acordo entre as duas partes.

A parceria, no entanto, não andava bem. Neste ano, o presidente da Unimed Rio, Celso Barros, chegou a dar declarações fortes insinuando o fim do patrocínio. O incômodo era com a falta de diálogo com Peter Siemsen, presidente do Fluminense desde 2010, sobre questões da equipe. Em 2013, o time chegou a ser rebaixado no Campeonato Brasileiro e foi salvo graças ao caso Héverton, pelo STJD.  

Fica a dúvida, no entanto, quanto à situação do clube no momento. A parceria entre time e seguradora não era apenas financeira, ela arcava com os custos das maiores contratações do time nos últimos anos. Atualmente, nomes como Fred e Diego Cavalieri estão associados à empresa.