Após recorde, audiência volta ao normal na Globo

Ceará e Palmeiras fizeram o jogo seguinte à final da Libertadores

Ceará e Palmeiras fizeram o jogo seguinte à final da Libertadores

Na última quarta-feira, o Santos entrou em campo para buscar seu terceiro título da Copa Libertadores. Sua conquista em casa foi televisionada pela rede Globo e rendeu a maior audiência esportiva do ano em São Paulo. No último domingo, seu Ibope voltou ao normal de um Campeonato Brasileiro, com praticamente a metade da pontuação.

A Globo abriu mão de transmitir o clássico entre Corinthians e São Paulo, e optou pela partida entre Ceará e Palmeiras. Com isso, teve 20 pontos de média na audiência, o que não faz do evento um ponto fora da curva. Os jogos do Campeonato Brasileiro têm variado entre 18 e 24 pontos. A partida também contou com a audiência de oito pontos da Bandeirantes.

Na última quarta-feira, o cenário foi diferente. Com direito exclusivo de transmissão em canal aberto, a Globo exibiu Santos e Peñarol, pela decisão da Copa Santander Libertadores, no horário nobre da quarta-feira. Com a partida, a emissora conseguiu 38 pontos, melhor Ibope registrado com um evento esportivo em 2011.

No próximo fim de semana, não haverá rodada do Campeonato Brasileiro. A Globo aposta na seleção brasileira na Copa América, transferindo o Nacional para as quartas-feiras. Será a primeira vez que haverá partidas oficiais da equipe desde a Copa do Mundo, quando os números do Ibope superaram os 45 pontos de média.

Fórmula 1

No último domingo, a Fórmula 1 retornou ao horário da manhã, e a audiência voltou a cair. Com o Grande Prêmio da Europa, a Globo conseguiu 12 pontos de média, contra 15 há quinze dias, na prova de Montreal, realizado às 14 horas de Brasília. Às 9 horas, a audiência da categoria variou entre 11 e 13 pontos de média nas quatro corridas.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.