Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Após veto, Dubai perde o primeiro apoio

Após veto, Dubai perde o primeiro apoio

Redação em São Paulo - SP Publicado em 18/02/2009, às 11h00

A polêmica decisão dos organizadores do Torneio de Dubai sobre a tenista israelense Shahar Peer teve a primeira consequência oficial nesta quarta-feira. A edição europeia da publicação econômica Wall Street Journal optou por romper o contrato de patrocínio com o evento. ?Nós acreditamos no livre comércio e na liberdade dos indivíduos. Nossa filosofia é baseada nisso e nossa marca não podia continuar ligada a algo que contradissesse o que achamos positivo?, justificou Rupert Murdoch, empresário que comanda a cadeia da qual o Wall Street Journal faz parte, em comunicado oficial. Shahar Peer chegou a ocupar a 18ª colocação do ranking mundial, mas agora aparece no 48º posto. No ano passado, ela participou de um torneio em Doha e se tornou a primeira tenista israelense a disputar partidas oficiais em um país do Golfo. Neste ano, contudo, os organizadores do Torneio de Dubai negaram visto à tenista. A decisão provocou tanta polêmica que a Women Tennis Association (WTA), federação que representa a modalidade mundialmente, cogita a exclusão da competição de seu calendário.