Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Argentina pode sediar Olimpíada de Inverno em 2026 e fazer história

País estuda candidatura para evento que nunca foi realizado no Hemisfério Sul

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 06/11/2018, às 10h38 - Atualizado às 12h38

Imagem Argentina pode sediar Olimpíada de Inverno em 2026 e fazer história

A Argentina pode se tornar uma anfitriã improvável dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2026. O Comitê Olímpico argentino analisa a possibilidade e a viabilidade de lançar uma candidatura oficial que poderia entrar para a história, já que o evento jamais foi realizado em um país localizado no Hemisfério Sul do planeta.

A ideia teria surgido pelo fato de as três candidaturas apresentadas até o momento estarem mal das pernas. Calgary, no Canadá, enfrenta sérios problemas financeiros, enquanto Estocolmo, na Suécia, e a candidatura conjunta entre Milão e Cortina d’Ampezzo, na Itália, não têm o apoio de seus respectivos governos nacionais.

Foto: Reprodução / Twitter (@pyeongchang2018)

Dessa forma, a Argentina passou a acreditar que realmente poderia “abraçar” a competição organizada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Em um comunicado, o país sul-americano divulgou que usaria Buenos Aires, capital e cidade mais estruturada, para os esportes disputados em ginásios fechados, sem a necessidade de neve. Para aqueles em que a neve é imprescindível, a ideia seria usar Ushuaia, cidade mais ao sul do planeta e popularmente conhecida como “Fim do Mundo”.

Outro ponto a favor dos argentinos seria o fato do COI ter gostado do que viu no último mês de outubro, quando o país sediou os Jogos da Juventude.

Há, no entanto, questões que podem atrapalhar. A principal delas é a econômica. Apesar de possuir a terceira maior economia da América Latina, a Argentina passa por uma grave crise financeira, com os níveis de inflação fixados em 42% até o final de 2018.

Vale lembrar que, se decidir lançar uma candidatura oficial, a Argentina poderia estar concorrendo para sediar dois dos maiores eventos esportivos do planeta em um período de quatro anos. Isso porque o país já sinalizou que tentará receber a Copa do Mundo de 2030 ao lado de Paraguai e Uruguai, no ano em que o maior torneio de futebol do mundo completará 100 anos de existência.