Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Astro do Raptors, da NBA, segue Federer e "luta" contra Nike

Atleta acusa marca de registrar direitos autorais de um logotipo criado por ele

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 06/06/2019, às 09h26 - Atualizado às 12h26

Imagem Astro do Raptors, da NBA, segue Federer e "luta" contra Nike

Quem não se lembra da história do famoso "RF" de Roger Federer e sua questão com a Nike quando o tenista decidiu deixar a marca americana para fechar com a japonesa Uniqlo? O suíço teve que lutar pelo logotipo (o que ainda está fazendo), e é exatamente essa linha que Kawhi Leonard, astro do Toronto Raptors, da NBA, decidiu seguir desde o início deste ano.

Leonard decidiu processar a Nike por conta de uma situação muito parecida com a que envolveu Federer. O ala-armador afirma que a marca registrou direitos autorais de um logotipo batizado como "Klaw" que, na verdade, foi criado por ele ainda na época em que estudava e atuava pela San Diego State University.

Foto: Rocky Widner

Assim como Federer, Leonard encerrou o contrato que tinha com a Jordan Brand, marca da Nike, em setembro do ano passado, para, dois meses depois, fechar acordo com a New Balance. O atleta chegou a recusar uma renovação de US$ 22 milhões por quatro anos com a Nike seis meses antes do vencimento do contrato.

De acordo com a ação, registrada em 30 de janeiro deste ano, o advogado de Leonard solicitou que a Nike retirasse suas reivindicações ao logotipo "Klaw", para que o jogador possa utilizá-lo em futuras mercadorias. A Nike respondeu em 11 de março dizendo que possui direitos de propriedade e exigiu que Leonard parasse de usar o logotipo.

"O desenho que Leonard criou foi uma extensão e continuação de desenhos que ele criava desde o início de sua carreira universitária. Vários anos depois, como parte de um acordo de patrocínio com a Nike, Leonard permitiu que a Nike usasse em certas mercadorias o logo que ele criou, enquanto Leonard continuava a usar o logotipo em produtos que não eram da Nike. Sem o conhecimento de Leonard e sem o seu consentimento, a Nike apresentou um pedido de registo de direitos de autoria do seu logotipo e falsamente representou na aplicação que a Nike tinha criado o logotipo. Leonard pretende usar o logotipo em linhas de roupas, calçados e outros produtos e, entre outras coisas, em conexão com acampamentos esportivos e eventos de caridade, mas a Nike se opôs explicitamente a tais usos", diz uma parte do processo.

A Nike ainda não comentou publicamente sobre o processo e já indicou à imprensa americana que não emitirá nenhuma declaração sobre litígios em andamento.