Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Atleta do ano: Gabriel Medina

Primeiro brasileiro campeão mundial de surfe ganha muito mais fora do mar

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 02/01/2015, às 08h10 - Atualizado às 10h10

No ano em que todo o Brasil esperava pelo título mundial no futebol, a conquista veio de forma inédita nas ondas do Havaí. Coube ao paulista de São Sebastião conquistar, na penúltima semana de dezembro, o título que o brasileiro sonhou. Pela primeira vez o país teve um campeão mundial no surfe, desbancando uma hegemonia de australianos e americanos no esporte.

Antes mesmo da conquista no mar havaiano, Medina já vinha ganhando destaque pelo apetite comercial. Com apenas 21 anos, o surfista conta com o patrocínio de marcas do calibre de Samsung, Oi e Guaraná Antarctica, além das especializadas em esportes radicais Oakley e Rip Curl.

Com uma estratégia comercial agressiva, Medina abriu espaço na mídia a partir do talento no surfe, tanto que a etapa em que se sagrou campeão teve as transmissões de ESPN, na TV, além de YouTube e Globo.com pela internet.

O brasileiro, agora, deverá se transformar no queridinho da Liga Mundial de Surfe (WSL), entidade que comanda a modalidade. A ideia é explorar a imagem de Medina também no mercado americano, fazendo dele uma espécie de “substituto” do megacampeão Kelly Slater, que foi derrotado pelo brasileiro no Mundial de surfe.

Conheça os próximos passos de Medina:
Gabriel Medina vai buscar agora o mercado americano

Clique nos links abaixo para conhecer os "Melhores do Ano de 2014":

Os Melhores do Ano de 2014

Case internacional

Ativação de patrocínio

Comunicação de patrocínio

Ação de maior impacto

Melhor campanha publicitária

Melhor ação envolvendo atletas

Melhor uso de redes sociais

Maior valorização no esporte

Ação mais ousada

Atleta do ano

O executivo do ano