Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

ATP monta conselho de notáveis para definir futuro do tênis

Entidade cria comissões, uma das quais integrada por legendas das quadras como Boris Becker e John McEnroe

Adalberto Leister Filho - São Paulo (SP) Publicado em 17/11/2014, às 08h31 - Atualizado às 10h31

Imagem ATP monta conselho de notáveis para definir futuro do tênis

John McEnroe, integrante do conselho de legendas

A ATP (Associação dos Tenistas Profissionais) anunciou a formação de dois novos conselhos consultivos para formular um plano de longo prazo para o crescimento da modalidade no mundo. O Conselho Consultivo de Negócios será formado por executivos do mundo da TV, marketing, relações públicas e moda. Já o Conselho Consultivo de Legendas será integrado por ex-tenistas de renome.

No primeiro grupo farão parte David Hill (vice-presidente da 21st Century Fox), Matthew Freud (presidente da Freuds), Tommy Hilfiger (designer da Tommy Hilfiger) e Robert Senior (CEO da Saatchi & Saatchi Fallon Group). O comitê formado por ex-jogadores terá a participação de John McEnroe, Boris Becker, Mats Wilander, Carlos Moyá e Lleyton Hewitt. Juntos, o quinteto foi número um do ranking mundial por 284 semanas.

“É um ótimo momento para o tênis masculino. O esporte está muito bem e temos públicos recordes nas arenas, na TV e na internet. Mas é importante continuar a crescer”, afirmou o dirigente.

Os dois comitês irão se reuniram pela primeira vez na última sexta-feira, durante o Masters de Londres.

 “Esses dois conselhos irão fornecer ideias inestimáveis para a ATP, para avaliarmos quais as melhores decisões a serem tomadas para o futuro do nosso esporte. É importante não só ouvir o ponto de vista de profissionais de fora das quadras, mas também de ex-tenistas, que conhecem nosso esporte por dentro e por fora. Estou ansioso para trabalhar com eles para melhorar nossas estratégias de longo prazo, que visam o aproveitamento de todo o potencial do nosso esporte”, avaliou o presidente da ATP.