Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Atrasos salariais geram protesto no Vasco

Atrasos salariais geram protesto no Vasco

Redação em São Paulo - SP Publicado em 17/02/2009, às 17h00

José Henrique Coelho renunciou à vice-presidência de marketing, fez denúncias contra a atual diretoria e começou a conturbar o clima no Vasco. O time carioca perdeu seis pontos por ter escalado o meia Jefferson de forma irregular e acabou alijado das semifinais da Taça Guanabara, primeiro turno do Estadual do Rio de Janeiro. E se o ambiente não era nada favorável, a crise explodiu nesta terça-feira. Irritados com os atrasos salariais, funcionários do Vasco resolveram protestar na sede do clube, em São Januário. O grupo promete voltar a trabalhar apenas quando a situação for resolvida ou eles fizerem uma reunião com o presidente Roberto Dinamite. A diretoria reforçou a segurança nas imediações para evitar confusões, mas o protesto acontece de forma pacífica. Funcionários entoam gritos contra a diretoria e reivindicam os direitos que estão atrasados. O grupo com cerca de cem pessoas diz ter três meses a receber do Vasco (outubro, novembro e dezembro). Além disso, reclamam de falta de pagamento do FGTS e do 13º salário.