Bahia irá oferecer "furos" para atrair internautas

Clube terá de coibir vazamento de dados para viabilizar estratégia

Clube terá de coibir vazamento de dados para viabilizar estratégia

O Bahia quer crescer na internet. Embora já esteja satisfeito com o atual site oficial do clube na rede, o departamento de marketing do clube baiano planeja reformulá-lo, no intuito de elevar a interação com outras mídias sociais, e pretende aumentar a base de seguidores eletrônicos. O principal trunfo será o ineditismo de notícias relacionadas ao time.

"Nós queremos melhorar no sentido do furo da reportagem", explica Sacha Mamede, diretor de marketing da equipe tricolor. "Ainda precisamos construir nossas credibilidade nesse sentido, mas queremos, por exemplo, que quando o Bahia lance uma nova camisa, o site seja o primeiro a divulgar as fotos do modelo à torcida".

Por trás da reformulação da página na internet, na verdade, há muito mais do que rever questões técnicas. O clube terá de reforçar a restrição às informações sobre o clube internamente, de modo que o vazamento de dados sobre futuras ações de marketing a canais da imprensa não aconteça. "Essa é nossa premissa", diz Mamede.

Ao gerar conteúdo exclusivo e inédito aos torcedores na internet, o Bahia pretende alavancar a quantidade de pessoas que acompanha as mídias do clube na rede. A página oficial da equipe no Facebook tem sido uma das prioridades, com chamadas no site oficial, e até o momento o time já conseguiu a adesão de 9,3 mil fãs.

Dentre as vantagens geradas por esses mídias eletrônicas estão o baixo custo para viabilizá-las, sobretudo em comparação a anúncios em meios tradicionais, como televisão, rádio e jornais, e a possibilidade de divulgar o Torcedor Oficial, programa de sócios-torcedores criado pelo Bahia e um dos principais focos de trabalho neste ano.