Bahia procura grupo de torcedores para criar embaixadas

Bahia foca torcedores espalhados pelo Brasil

Bahia foca torcedores espalhados pelo Brasil

O Bahia está atrás de torcedores espalhados pelo Brasil para criar embaixadas do clube. O projeto ainda está em sua primeira fase, que se baseia na busca por grupos interessados em se unir ao plano baiano.

A ideia surgiu com um grupo de São Paulo que fez uma embaixada do time, mas não de maneira oficial. Com um plano mais avançado, a diretoria do Bahia entrou em contato com esses torcedores para fazer uma reunião e discutir como poderá tornar a ideia algo próprio do clube.

O diretor de marketing do Bahia, Sacha Mamede, contou que recentemente sentiu a dificuldade de um torcedor do clube que não mora no Estado nordestino. “Eu estava na Soccerex, no Rio de Janeiro, e quis assistir ao jogo do time pelo Campeonato Brasileiro. Não achei lugar e nem pessoas para fazer isso”, afirmou.

A ideia é sentar com os torcedores de São Paulo e discutir ações que poderão ser tomadas para organizar os grupos fora da Bahia. O plano é criar ou definir um local para assistir aos jogos e reunir torcedores. Com isso, o clube mira lojas espalhadas pelo Brasil e uma maior aproximação com o seu público.

Com esse cenário, o clube espera fortalecer o plano de sócio-torcedor chamado Torcedor sem Fronteira, modalidade sem garantia de ingressos e focado em seguidores do clube baiano que moram fora do Estado.