Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Bauru pretende vender naming rights

Bauru pretende vender naming rights

Rodrigo Capelo em São Paulo - SP Publicado em 27/05/2010, às 20h00

O basquete de Bauru perdeu, no início desta semana, o patrocínio da GRSA, até então dona dos naming rights do time. Atualmente, apesar de o espaço ser ocupado pela Itabom, a equipe está em busca de nova parceira para a propriedade. "No nosso clube, o objetivo é dividir a cota", afirma a diretora de marketing Juliana Poli. "Se uma empresa sozinha pode suportar a carga principal, ótimo, mas aqui preferimos ter mais de uma". O clube ainda perdeu, como consequência da saída da GRSA, o patrocínio da Medial Saúde. "Quando a GRSA entrou no Bauru, eles trouxeram a Medial e a Nestlé", explica a diretora. "Hoje eles preferiram sair, mas não porque acharam que não deu certo, e sim porque houve troca na presidência e a filosofia está sendo reavaliada, então a Medial saiu junto". No caso da Nestlé, ainda não há posicionamento por parte da companhia. O departamento de marketing da fabricante de alimentos está analisando a renovação e deve chegar a uma conclusão nos próximos dias. Com isso, abre-se território para novos parceiros, com os quais Juliana Poli já vem negociando há algum tempo. Antes de a GRSA e a Medial deixarem o clube, a diretora já havia anunciado que ampliaria o número de propriedades. O esquema de cotas do Bauru funciona da seguinte forma: existem seis categorias, separadas em ordem de relev"ncia em relação às propriedades. A cota um, antes dividida por GRSA e Itabom, permanece somente com a segunda. As cotas dois, três e quatro ainda não foram preenchidas, mas, segundo Poli, já existem parcerias quase fechadas para a número dois. A cinco e a seis eram ocupadas por Nestlé e Medial, respectivamente. No caso da cota seis, a Unimed já está confirmada e, além da compensação financeira, é responsável pelo convênio médico dos atletas. "Nosso projeto é pensado em longo prazo e agora, com o forte apoio da Rede Globo, as empresas que se vincularem ao basquete terão muito a ganhar", finaliza a diretora de marketing.