Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

BBC e Canal+ exibirão final da Libertadores fora do continente

Canal aberto inglês e canal fechado francês adquiriram direitos de transmissão

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 22/11/2019, às 09h00 - Atualizado às 12h00

Imagem BBC e Canal+ exibirão final da Libertadores fora do continente

A primeira final única da história da Libertadores não para de movimentar o mercado. Além da mídia brasileira e das marcas patrocinadoras, o jogo entre Flamengo e River Plate também chamou a atenção da mídia internacional, que se mexeu para adquirir os direitos de transmissão da decisão.

LEIA MAIS: Análise: Final única cria envolvimento inédito

LEIA MAIS: Final única da Libertadores mobiliza Globo e marcas

LEIA MAIS: Anel de diamantes vira trunfo para final da Libertadores

Na Inglaterra, a partida será exibida pela BBC, um dos principais veículos de comunicação do país, na TV aberta. A emissora usará, para isso, o canal BBC Two, além do serviço iPlayer por streaming. Já na França, foi o Canal+, da TV fechada, que comprou os direitos e também terá a final em sua grade de programação.

Foto: Reprodução

"O vencedor da Copa Libertadores que terá a final em Lima se classifica para a edição de 2019 do Mundial de Clubes da Fifa, no Qatar, que terá a participação do Liverpool, atual campeão da Champions League", frisou a BBC no anúncio da final.

Vale lembrar que, no ano passado, a final entre River Plate e Boca Juniors, que acabou sendo disputada no Estádio Santiago Bernabéu, em Madri, chegou a ser transmitida na Inglaterra por conta de toda polêmica envolvendo o jogo, além, é claro, do fato de ser um dos principais clássicos do mundo. À ocasião, a BT Sport exibiu a partida na TV fechada, assim como o FreeSports, "canal irmão" da rede de TV paga Premier Sports.

Flamengo e River Plate entrarão em campo às 17h (horário de Brasília) para decidir o campeão da edição 2019 da Libertadores no Estádio Monumental, em Lima, no Peru. De volta a uma final do torneio após 38 anos, o clube carioca tentará levantar o segundo troféu na história da competição. O time argentino, por sua vez, está em busca do pentacampeonato.