Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

BioRitmo potencializa imagem com crise

BioRitmo potencializa imagem com crise

Gustavo Franceschini em São Paulo - SP Publicado em 16/03/2009, às 09h00 - Atualizado às 12h00

A busca pela qualidade de vida, saúde e o corpo ideal podem se transformar em itens ?supérfluos? em tempos de crise mundial e consequente redução orçamentária. Diante desse panorama perigoso, a rede de academias BioRitmo lançou um projeto de auxílio a alunos recém-desempregados, que pode fazer a empresa ?capitalizar? com a situação. A ideia é oferecer um seguro para os clientes, que receberão instruções sobre como agir em um caso desses. Comprovada a situação, a BioRitmo suspenderá a necessidade de pagamento das mensalidades e determinará horários específicos para a utilização da academia. ?Quando a gente pensou nisso, falamos em termos um discurso único. Se estamos falando em saúde e qualidade de vida, não podemos deixar o aluno fora por causa de dinheiro. Não podemos virar as costas para ele neste momento?, disse Edgard Corona, CEO da BioRitmo. O executivo nega, no entanto, que a estratégia seja oportunista. Para ele, o recall que a empresa terá com todos os seus clientes é uma prova de que o seguro-desemprego não fere a ética no momento delicado que foi criado pela crise. ?É você perguntar par o cliente se isso é oportunismo que você vai ter a resposta. Nós não vamos ter ganho financeiro, só de imagem. Se isso veio para a nossa pauta, é porque nos perguntamos sobre como vamos cuidar do cliente nesse momento. A reação que estamos tendo é ótima?, avaliou Corona. Essa não é a primeira ação do tipo desde que a instabilidade financeira chegou ao seu ápice. Entre os vários exemplos semelhantes, o grande destaque é da NBA, onde o Milwaukee Bucks, por medo da retração do público, prometeu ressarcimento aos compradores de carnês de temporada que fiquem desempregados.