Botafogo anuncia Puma como nova fornecedora

Puma também é fornecedora do Uruguai, seleção do "Loco" Abreu

O Botafogo divulgou no início da tarde desta sexta-feira (23) que a Puma é a nova fornecedora de materiais esportivos, a partir da próxima temporada. Os detalhes do negócio serão revelados pela diretoria alvinegra nos próximos dias, segundo consta no comunicado publicado no site oficial do clube.

O contrato entre as partes terá fim em 2014, ano de Copa do Mundo no Brasil, após três anos. A parceria já era dada como certa nas últimas semanas, mas não era assumida publicamente por nenhum dos lados pois ainda faltavam detalhes contratuais a serem resolvidos.

A notícia encerra as dúvidas geradas desde que o Botafogo decidiu, antes da partida contra o Atlético-GO no Campeonato Brasileiro, tampar a marca da então fornecedora, Fila, da camisa. Desde então, a área jurídica do clube se concentrou em tentar romper o acordo unilateralmente, enquanto a cúpula ficou responsável por conseguir nova parceira.

Desde o início das negociações, existentes com três empresas distintas, segundo adiantou a Máquina do Esporte, a Puma sempre foi aquela que esteve mais próxima de um acerto, e essa tendência prevaleceu até o desfecho do caso.

Assim, a fabricante de materiais esportivos alemã recupera no Brasil espaço perdido desde que havia perdido Grêmio e Cruzeiro, para Topper e Reebok, respectivamente. Uma curiosidade, explorada na nota publicada pelo clube carioca em seu site oficial, é que a companhia também é fornecedora do Uruguai, país de origem do principal jogador do elenco atual, Sebástian "Loco" Abreu.

O acerto da Puma também elimina as possibilidades de a Nike patrocinar o Botafogo, possibilidade ventilada recentemente, sobretudo após os norte-americanos fecharem com Bahia, Coritiba, Internacional e Santos. A empresa pretende ter uma equipe no Rio de Janeiro, e, agora, sabe-se que o Botafogo não será esse time.