Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Brasilprev avalia Pinheiros por novas apostas

Duda Lopes em São Paulo - SP Publicado em 14/07/2010, às 08h00 - Atualizado às 11h00

Imagem Brasilprev avalia Pinheiros por novas apostas
 - Crédito João Pires / Pinheiros

- Crédito João Pires / Pinheiros

Desde o início de 2010, a Brasilprev copatrocina o time de basquete masculino do Pinheiros, com a ajuda da Lei de Incentivo ao Esporte. No entanto, a empresa do Banco do Brasil ainda não se sente confortável para avaliar as vantagens de um suporte dessa desenvoltura a uma equipe esportiva, já que ela entrou para o clube apenas na metade da última temporada.

Agora, enquanto o elenco do time para a próxima temporada foi apresentado nesta terça-feira, a Brasilprev espera por um ano completo de exposição no Campeonato Paulista e no NBB, o Novo Basquete Brasil, em que o time ficou em sexto lugar.

Para o superintendente de estratégia em comunicação coorporativa da empresa, André Camargo, “o patrocínio ao Pinheiros é um divisor de água para a Brasilprev”. Camargo avalia que esse é o primeiro grande apoio ao esporte dado pela seguradora e que, após essa temporada, será analisada a possibilidade de expandir os negócios no segmento esportivo. Antes, havia suporte a competições de tênis e de vôlei de praia, mas nada que, segundo o superintendente, pudesse ser comparado à ação no clube paulistano.

“O primeiro grande passo foi entrar em um time forte. Agora é colher os frutos dessa parceria e esperar pelo próximo ano, com a expectativa de crescimento no projeto”, afirmou Camargo. O superintendente afirmou que a empresa ainda está experimentando investir no esporte e, só depois, poderá pensar nos planos futuros.

A Brasilprev tem como acionistas o Banco do Brasil e o Principal Financil Group, uma instituição financeiras americana. Ela é uma das líderes no mercado de previdência privada aberta, com mais de 1,2 milhão de clientes. Seu patrimônio ultrapassa a marca dos R$ 30 bilhões em ativos sob gestão. Estima-se que o seu investimento no basquete pinheirense, que conta com a Sky como patrocinador principal, seja em torno de R$ 600 mil.