Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Briga entre EUA e COI preocupa Chicago

Briga entre EUA e COI preocupa Chicago

Redação em São Paulo - SP Publicado em 25/03/2009, às 12h00

A candidatura de Chicago aos Jogos Olímpicos de 2016 encontrou um adversário complicado. Comitê Olímpico Internacional e Comitê Olímpico dos Estados Unidos discutem a divisão de receitas, e essa disputa pode minar o projeto da cidade norte-americana para a competição. Há quatro postulantes a sede das Olimpíadas de 2016. Além de Chicago, a disputa conta com Madri, Rio de Janeiro e Tóquio. O projeto norte-americano tem como principal apoiador o presidente Barack Obama, que tem sua principal base política na cidade. ?Estive com ele duas vezes e ele demonstrou apoio total à candidatura. Contamos com essa participação?, disse Pat Ryan, presidente da candidatura de Chicago, em entrevista coletiva. A presença de Obama na campanha é uma aposta de Chicago para amenizar a disputa entre os Estados Unidos e o COI. Membros da entidade mundial argumentam que o país da América do Norte recebe uma fatia exagerada dos contratos de marketing e das receitas dos direitos de TV das Olimpíadas. O comitê dos Estados Unidos, por sua vez, diz que recebe mais porque contratos com empresas do país respondem por 50% dos ganhos do COI. Há negociações em andamento para uma possível revisão nesses valores, mas a disputa pode minar a candidatura de Chicago. Internamente, o projeto norte-americano tem conseguido movimentar apoio. Nesta semana, o Senado norte-americano anunciou um fundo de US$ 250 milhões (R$ 564 milhões) para o projeto de Chicago voltado às Olimpíadas de 2016.