C13 anuncia lance de R$ 912 mi por Brasileirão

"Resultados comerciais serão suficientes", aposta Fábio Koff

O Clube dos 13 fez novo movimento na guerra política que se tornou a negociação dos direitos televisivos do Campeonato Brasileiro no triênio entre 2012 e 2014. Em comunicado enviado à imprensa, a entidade afirma ter conseguido lance de R$ 912 milhões apenas pela próxima temporada e aposta no dinheiro para recuperar força.

"Com a formalização das regras para publicidade estática, direitos internacionais e novas mídias, o valor mínimo ultrapassará R$ 1 bilhão, quase o dobro do que os clubes vão faturar com a venda dos direitos para o Brasileiro de 2011", consta na nota. O vencedor da licitação, bem como outros detalhes, ainda não foram divulgados.

Após ter convidado "mais de 20 empresas" para a licitação, viabilizada após acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o resultado do processo será anunciado na manhã da próxima sexta-feira (11). Na ocasião, o Clube dos 13 pretende tornar pública a vencedora da modalidade TV aberta.

"Tenho convicção de que os resultados comerciais obtidos com a livre concorrência serão suficientes para que saiamos desse processo mais unidos, bem-estruturados financeiramente e fortalecidos como associação", disse Fábio Koff, presidente do Clube dos 13, em referência à decisão de várias equipes de negociar separadamente.

Até o momento, Corinthians, Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Coritiba, Cruzeiro, Palmeiras, Santos, Grêmio, Vitória e Goiás já disseram publicamente que pretendiam conversar diretamente com emissoras, em vez de se submeter ao processo proposto pelo Clube dos 13, embora não tenham saído da entidade.

As empresas vencedoras nas categorias TV fechada e pay-per-view serão divulgadas no dia 23 de março, enquanto os de internet e celular, no dia seguinte.