Calendário aproxima Nike do Corinthians

A apresentação do atacante Ronaldo, que assinou contrato com o Corinthians por uma temporada, foi o momento de maior repercussão internacional do clube em 2008. O evento foi acompanhado por placas de publicidade da Nike, parceira alvinegra. Tudo para corroborar uma aproximação entre a diretoria e seu atual fornecedor de material esportivo, que está cada vez mais perto de uma renovação para o ano de centenário do clube. Até o fim da temporada passado, a relação entre Corinthians e Nike era bastante conturbada. O contrato termina em dezembro de 2009, e, na época, uma renovação era vista como hipótese extremamente remota. Contudo, o cenário mudou radicalmente. A aproximação entre Nike e Corinthians começou por uma melhora no diálogo entre as duas diretorias. Além disso, a empresa norte-americana solucionou pontos que o parceiro vinha reprovando no fornecimento de peças para os atletas ? o goleiro Felipe chegou a esgotar seu estoque de camisas azuis na temporada passada, mas não houve problemas semelhantes em 2008. O novo cenário da relação Corinthians/Nike ainda conta com uma mudança no planejamento da empresa, que terá um novo formato de calendário a partir de 2010. No ano do centenário do clube, a fornecedora de material esportivo deixará de promover um lançamento unificado de modelos para todas as instituições que patrocina. ?Em 2009, a Nike ainda fará um lançamento mundial para seus patrocinados a partir do calendário europeu. As peças serão usadas a partir do segundo semestre. Isso vai mudar em 2010, quando passaremos a trabalhar com a temporada brasileira e usar nossas camisas de janeiro a dezembro?, contou Caio Campos, gerente de marketing do Corinthians. A adaptação do calendário era um dos principais apelos da diretoria corintiana à Nike. Com o lançamento voltado ao segundo semestre, o clube alvinegro perdia a chance de apresentar um modelo novo a seus adeptos em janeiro, época favorável à venda de camisas. Com tantas mudanças, a relação positiva entre Corinthians e a empresa ficou evidente. O clube alvinegro aproveitou a apresentação de Ronaldo, que também é patrocinado pela Nike, e espalhou placas com duas campanhas dos parceiros pelo Parque São Jorge: ?Dar a volta por cima? e ?Rala que rola?. ?As duas idéias têm muito a ver com o momento do Ronaldo, que sofreu uma lesão no joelho e tenta se recuperar. Falamos isso para a Nike e demos a idéia de colocar as duas campanhas assim, juntas. É algo muito complementar?, apontou Campos. A parceria com a Nike foi exaltada até de forma implícita no discurso do diretor de marketing do Corinthians, Luís Paulo Rosemberg. Ao comentar a contratação de Ronaldo na apresentação, o dirigente utilizou a campanha da empresa: ?Ele está com aquela mentalidade do rala que rola, do trabalho para voltar?.