Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Cartão de Todos usa Cafu para ativar patrocínio ao São Paulo

Marca de cartões de descontos é patrocinadora do time paulista desde março

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 23/07/2020, às 13h22

Imagem Cartão de Todos usa Cafu para ativar patrocínio ao São Paulo

Ídolo do São Paulo, time em que conquistou, entre outros títulos, os bicampeonatos da Libertadores e do Mundial de Clubes em 1992 e 1993, o ex-lateral direito Cafu foi escolhido para estrelar a nova campanha da marca de cartões de descontos Cartão de Todos, patrocinadora do clube paulista desde março deste ano. O "Cartão de Todos São Paulo Futebol Clube" (CDTSPFC) promete uma série de benefícios ao torcedor da equipe do Morumbi.

De acordo com a empresa, com o CDTSPFC, o torcedor terá acesso a consultas médicas a partir de R$ 20 em clínicos gerais e R$ 28 nas demais especialidades em clínicas conveniadas ao Cartão de Todos, sempre com agendamento prévio. Os descontos também são aplicados a exames laboratoriais, diagnósticos gráficos e por imagem, tratamentos odontológicos e produtos farmacêuticos.

Pelo custo mensal de R$ 23,10, toda a família do torcedor poderá contar com os benefícios, que fazem parte de uma lista ainda maior, com vantagens voltadas à área de educação (descontos em cursos presenciais em universidades, idiomas, etc.) e ao lazer (academias, pousadas e hotéis). Atualmente, mais de 10 mil estabelecimentos em todo o país aceitam o Cartão de Todos.

Entre os benefícios específicos concedidos ao torcedor são-paulino estão descontos exclusivos nas compras de produtos do time, descontos limitados nos ingressos para jogos, no Morumbi Tour, no restaurante árabe Amani, que fica dentro do Estádio do Morumbi, e nos produtos adquiridos na loja Santo Manto (exceto produtos promocionais), também dentro da casa tricolor.  

Vale lembrar que o Cartão de Todos estampa a logomarca nos calções das equipes profissionais de futebol masculino e feminino, assim como do basquete masculino. O contrato tem validade até o final de 2020.