CBJ planeja encontros semestrais com patrocinadores

Nesta semana, a Confederação Brasileira de Judô reuniu seus patrocinadores para apresentar projetos, planos, ativações, além de fazer relacionamento com os parceiros dentro da própria CBJ. Esse foi o primeiro evento do tipo, mas não será o último. No fim do ano, haverá o segundo, e o plano é que, a cada seis meses, o encontro se repita.

O evento ganhou até nome e marca, e já é trabalhado com mais um produto comercial oferecido pela Confederação. Ele foi denominado de “I Love Judô”, com a grafia do ‘love’ em forma de coração.

Nesse primeiro evento, houve uma série de palestras para os patrocinadores. Paulo Wanderley Teixeira, presidente da CBJ, Ney Wilson, coordenador técnico internacional da entidade, Erich Beting, da Máquina do Esporte, Manoela Penna, diretora de comunicação da CBJ, e Maurício Santos, diretor de marketing e eventos internacionais da confederação falaram para uma plateia de 30 convidados, oriundos das empresas parceiras.

Nos discursos, palavras sobre a perspectiva da seleção brasileira para os Jogos Olímpicos de Londres, o momento para o marketing esportivo no Brasil e planos de mídia para o Mundial que será realizado no país no próximo ano.

“Houve no encontro uma sinergia muito positiva entre os patrocinadores e a entidade, houve uma troca de experiências entre os envolvidos. Por isso mesmo, tivemos um feedback muito bom dos participantes do evento”, comemorou Maurício Santos.