Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Clássico rende meio milhão a Corinthians

Clássico rende meio milhão a Corinthians

Erich Beting em São Paulo - SP Publicado em 05/03/2009, às 20h00

A disputa do clássico contra o Palmeiras, aliada à volta do atacante Ronaldo aos gramados, fará com que o Corinthians consiga arrecadar, só em patrocínio, aproximadamente meio milhão de reais. O valor é referente aos contratos fechados com a Visa, para o peito e as costas da camisa, e com a Panasonic, que estampará sua marca na manga do uniforme alvinegro. Os dois contratos, segundo a Máquina do Esporte apurou, deverão gerar uma receita de cerca de R$ 550 mil para o clube paulista. A Panasonic, que acabou de anunciar o acordo para a manga do uniforme, desembolsará R$ 140 mil pela propriedade. A Visa pagará por volta de R$ 410 mil para ter a marca no lugar mais valorizado da camisa alvinegra. O acordo com a Panasonic foi anunciado no início da noite desta quinta-feira, após um dia inteiro de negociações entre clube, empresa e representantes da agência de marketing esportivo Brunoro Sport Business, do executivo José Carlos Brunoro. A presença na camisa alvinegra será uma espécie de ?aperitivo? para a fabricante de eletrônicos japonesa. A marca, que foi patrocinadora do Santos, estava desde o ano de 2005 afastada do futebol. A empresa, porém, não sabe ainda se continuará no Corinthians para o restante da temporada. Os negócios permitirão ao Corinthians ter o mês com maior arrecadação desde a chegada de Ronaldo, em dezembro do ano passado. O clube paulista havia feito outros acordos esporádicos com diferentes marcas, sendo que o jogo que mais tinha gerado receita era o amistoso de apresentação do atacante, contra o Estudiantes, da Argentina. Na ocasião, os corintianos amealharam R$ 390 mil com os patrocínios de Ford, Locaweb e Vivo. A arrecadação com o jogo poderá ser ainda maior, uma vez que o Corinthians terá uma participação sobre a renda da partida. Os detalhes do negócio serão apresentados na manhã desta sexta-feira, em evento na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF), em São Paulo, com os presidentes de Palmeiras e Corinthians, além de representantes da FPF e da Topper, patrocinadora do campeonato.