Com 0 a 0, Corinthians tem pior audiência na Libertadores

Liedson passou em branco, e audiência não subiu

Liedson passou em branco, e audiência não subiu

O Corinthians entrou em campo na última quarta-feira para disputar o que deve ser o mais difícil de seus jogos na fase de grupos da Copa Santander Libertadores. E o time terminou a partida sem nenhum gol anotado, e uma audiência que esteve abaixo da média.

O empate entre Cruz Azul e Corinthians ficou com 23 pontos de média na Rede Globo, que mantém exclusividade no torneio para a televisão aberta. Esse foi o menor índice do clube na competição deste ano. Nos dois jogos anteriores, o Ibope da emissora carioca ficou em 27 e 24 pontos de média.

O número ficou abaixo do que o clube costuma apresentar quando joga na Libertadores. Na última vez que disputou a fase de grupos da competição, em 2010, a média de audiência ficou em 27,25 pontos, com 25 pontos de média na pior partida. Em 2011, o clube só entrou duas vezes em campo, pela primeira fase do torneio. O Ibope foi de 26 e 30 pontos.

Assim como aconteceu na quarta-feira anterior, o Corinthians teve a concorrência de um rival na Copa Kia do Brasil. Novamente, a Bandeirantes ficou com quatro pontos de média, dessa vez com a partida entre Coruripe e Palmeiras.

Na próxima semana, novamente a Globo apostará na Libertadores, com a partida entre Corinthians e Cruz Azul, dessa vez em São Paulo. O Palmeiras também voltará a enfrentar o Coruripe, mas às 19h30.

Liga dos Campeões

Antes de exibir a Copa Kia do Brasil, a Bandeirantes exibiu pela tarde uma das partidas decisivas das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa. Assim como aconteceu com a partida nacional, a emissora obteve quatro pontos com a vitória do Real Madrid sobre o CSKA Moscou.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.