Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Com aeroporto, Barcelona dá passo em estratégia de gerir lojas

Clube deve assumir todo o gerenciamento de sua rede de franquias em 2021

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 19/12/2019, às 10h22

Imagem Com aeroporto, Barcelona dá passo em estratégia de gerir lojas

Nas últimas semanas, o Barcelona viu duas lojas oficiais do clube dentro do aeroporto de Barcelona-El Prat fecharem após a falência da United Labels, que era responsável pela rede de franquias da loja oficial do clube espanhol. Para resolver o impasse, o Barça deve assumir a gestão dos espaços, que têm faturamento de cerca de € 3 milhões por ano.

O clube catalão deve negociar com a Aena, empresa que cuida do aeroporto, para reabrir as lojas a tempo de pegar o movimento gerado pelas festas de fim de ano, assim como o movimento intenso de turistas que viajam à Espanha em janeiro.

Foto: Reprodução / Site (fcbarcelona.com)

Juntas, as duas lojas somadas serão o segundo maior espaço comercial do clube, superadas apenas pela megastore do Camp Nou, que é vinculada à Nike e uma das que mais fatura em todo o mundo. Elas deverão ajudar o Barcelona a aumentar a receita obtida no varejo de € 63 milhões para € 86 milhões no final da temporada atual.

A gestão de lojas próprias é algo que o Barcelona tem planejado fazer. A partir de 2021, o clube deve assumir todo o gerenciamento de sua rede de franquias, em um negócio que deverá render perto de € 100 milhões na temporada que vem.