Com apoio do governo, Tijuca confia em presença no NBB

Clube garante ter condições financeiras de disputar o próximo Nacional

Clube garante ter condições financeiras de disputar o próximo Nacional

O Tijuca Tênis Clube está muito próximo de disputar a próxima edição do Novo Basquete Brasil (NBB). Embora não tenha sido aprovado na primeira reunião da Liga Nacional de Basquete (LNB), realizada em 1º de setembro, a equipe carioca obteve apoios da prefeitura e do governo do Rio de Janeiro e garante estar próxima da participação.

O poder público não irá repassar verba ao time de basquete, e sim auxiliar com despesas, como infraestrutura e passagens, modelo de apoio que é bastante popular nessa modalidade no país. Ainda há outros dois patrocínios a serem anunciados, mas, como os contratos ainda não foram assinados, serão preservados por enquanto.

A expectativa é que o Tijuca revele o nome das duas empresas no início da próxima semana, sobretudo porque terá de provar à liga na próxima quinta-feira (15) que tem condições para jogar o campeonato, e isso incorre em divulgar os parceiros comerciais. Um deles, segundo apurou a Máquina do Esporte, é o supermercado Zona Sul.

Por ora, o clube aguarda a assinatura de ambos os contratos, que já foram enviados para os futuros parceiros, mas já dá a participação no NBB como certa. Na próxima segunda, o Tijuca pretende se reunir com comissão técnica e atletas para firmar novos contratos e definir qual será a equipe que disputará o campeonato pela primeira vez.

O time carioca ganhou o direito de pleitear franquia à LNB depois de, na última temporada, estar entre os dois clubes mais bem qualificados da Super Copa Brasil, na qual foi o vencedor. O vice-campeão, Liga Sorocabana, também já garantiu a participação no próximo NBB, mas conseguiu provar condições financeiras já no dia 1º.