Com contratos no fim, Ceará negocia renovações

"Nós temos de tentar resolver isso em março", diz diretor do clube

NeoQuímica, Nacionalgás e Traxx. Com essas empresas, o Ceará possui contratos de patrocínio que expiram no próximo mês de junho, e com cada uma delas mantém negociações para possível renovação. Mas, por enquanto, nenhum desfecho foi encontrado.

"Nós não queremos quebrar a continuidade dessas parcerias, mas ainda não conseguimos chegar a um entendimento", afirma Sérgio Costa, diretor administrativo do clube. O executivo disse à Máquina do Esporte que espera acertar os acordos até o fim deste mês.

A principal razão pela pressa para que os patrocínios sejam renovados, além do término estipulado para junho, está relacionada à logística. "Nós temos de tentar resolver isso em março, até porque temos de fazer a camisa e não é tão rápido assim", acrescenta.

Há, ainda, intuito de conseguir novos parceiros para ocupar propriedades até o momento vagas. Os calções e espaço menores, como o ombro da camisa, são espaços que podem ser preenchidos em breve, embora detalhes não sejam divulgados.