Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Com doações, Onda do Bem assegura Projeto Ondas em 2021

Donativos recebidos por ação social garantirá manutenção de projeto no ano que vem

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 29/09/2020, às 08h10 - Atualizado às 11h10

Imagem Com doações, Onda do Bem assegura Projeto Ondas em 2021

O evento Onda do Bem, organizado pela WSL, já chegou ao fim, mas, para algumas partes envolvidas, renderá por pelo menos mais um ano. É o caso da ONG Projeto Ondas, escolhida pelos atletas para receber as doações geradas com o evento festivo, realizado em Ubatuba no último dia 18 de setembro.

Segundo o ex-surfista Jojó de Olivença, mantenedor da iniciativa social, as doações cobrirão os custos da estrutura do Projeto Ondas por todo o ano de 2021. Além disso, a verba levantada permitirá também a compra e a manutenção dos equipamentos de surfe e uniforme utilizados para as 60 crianças que participam do projeto.

Jojó de Olivença é quem coordena o projeto Ondas, no litoral paulista - Foto: Divulgação

"Nosso eterno “obrigado” por terem acreditado em nós e no nosso propósito de transformar vidas através do surf e por terem remado nessa "Onda do Bem" com a gente", celebrou Olivença num post feito no Instagram.

Realizado no dia 18 deste mês, o Onda do Bem reuniu uma série de surfistas profissionais e celebridades para um torneio noturno, que contou com luzes de LED nas pranchas. O encontro foi exibido por meio do site oficial da WSL, a liga mundial de surfe, e do Sportv. Ao longo da transmissão, ficou exposto um QR Code para direcionar os torcedores a uma plataforma para fazer doações ao Projeto Ondas.

A ONG existe desde 2007 no Guarujá, litoral sul de São Paulo. Ela é administrada pelo ex-surfista Jojo de Olivença, que atende crianças entre 6 e 12 anos na região. O objetivo é unir o esporte a uma estrutura que passe educação e cidadania a jovens em situação de vulnerabilidade social.