Com Indy, Sundown ratifica aposta no esporte

Sundown patrocina F1, Indy, Tony Kanaan e Bia Figueiredo

Sundown patrocina F1, Indy, Tony Kanaan e Bia Figueiredo

Parceira oficial da etapa brasileira da Fórmula 1 há sete temporadas, a Sundown motos iniciou neste ano uma associação com outra categoria automobilística. A companhia fechou contrato até 2013 com a prova da Fórmula Indy em São Paulo, realizada em um circuito de rua da zona norte da capital, e também colocou sua marca nos carros de Bia Figueiredo e Tony Kanaan. Com isso, ratificou o esporte como plataforma para comunicar um projeto de ampliação em sua linha de produtos.

Até o fim deste ano, a meta da Sundown é incluir entre dez e 12 novos modelos em seu portfólio para o mercado brasileiro. A maioria dessas motos terá cilindragem alta, com foco em um público que tem maior poder aquisitivo.

Esse grande contingente de lançamentos será o principal foco da comunicação da companhia. E a plataforma escolhida foi o esporte, que concentra 100% da verba de marketing da Sundown para 2011.

“O país respira esporte, e vive um momento de alta desse segmento em função dos grandes eventos. Com a associação da Sundown a categorias como a Fórmula 1 e a Fórmula Indy, que têm atributos como tecnologia e performance, nós conseguimos aproveitar esse cenário e preparar o consumidor para os lançamentos que nós vamos fazer”, relatou Rodney Teruel Carvalho, diretor de marketing da empresa.

A Sundown é a moto oficial das duas categorias automobilísticas no Brasil. Além disso, comprou cota de mídia da Bandeirantes para a Indy em São Paulo – a emissora, que investiu R$ 60 milhões na prova em 2011, é uma das organizadoras do evento.

Outra associação da Sundown com automobilismo é um patrocínio ao Racing Festival, categoria em que a marca também apoia a equipe de Emerson Fittipaldi. A companhia já assegurou, aliás, que sua participação vai crescer nessa disputa. A partir do ano que vem, haverá motos da marca nas 600 cilindradas.

“Com essa grande quantidade de lançamentos, chegaremos a praticamente todos os nichos até o fim do ano”, completou Teruel de Carvalho. A Sundown, que atualmente é a quinta marca do segmento de motocicletas em "mbito nacional, espera voltar ao terceiro posto dessa seara.

O que ajuda o projeto da Sundown é uma mudança interna. A companhia mudou de controle societário – os atuais proprietários assumiram o comando em 2008 –, e isso estancou o cronograma de lançamentos nos últimos anos. A consequência é que haverá um volume maior de novas motos para os próximos meses.