Com propostas, América-MG celebra “virada”

Kanxa poderá deixar América-MG em 2012

Kanxa poderá deixar América-MG em 2012

Em 2012, o América Mineiro completará 100 anos de vida. E, para participar das comemorações, o clube já tem recebido ofertas de empresas interessadas em estar presentes na ocasião, principalmente para o fornecimento de material. Para a diretoria mineira, esse é um sinal de virada na administração da equipe.

Os avanços que o América tem sofrido se referem à substituição da Kanxa, que hoje fornece material esportivo para a equipe. Apesar da proposta oficial de outras duas marcas, o clube mantém cautela com o assunto por respeito ao contrato vigente. A atual empresa ainda não iniciou conversas para a renovação, mas a prioridade deve ser dela.

As outras propriedades do uniforme também têm sido requisitadas por empresas diversas, mas nesse caso apenas com especulações, sem propostas de fato por ora. Com exceção da Fiat, que tem contrato até o fim de 2012, os outros patrocinadores encerram o acordo no fim deste ano, caso da BMG na manga.

Para o presidente de patromônio e marketing do América, Olímpio Naves, esse interesse das empresas é um cenário novo. “Tivemos uma inversão no caminho. Quando chegamos, tínhamos que ir atrás de patrocinadores, apresentar um modelo, insistir. Hoje já há marcas que vêm atrás do clube”, afirmou.

Segundo o dirigente, alguns fatores fizeram o América ficar em evidência, além do fato de o time estar na Série A do Campeonato Brasileiro. Naves se refere à reforma do estádio Independência e do Centro de Treinamento, à conclusão do Boulevard Shopping e à nova sede social que está sendo construída.

A lamentar, apenas a situação esportiva do América, que hoje está na última colocação do Campeonato Brasileiro. “Subimos um ano antes do planejado, e a Séria A é cara. Mas o time está bem, apensa não está conseguindo vencer”, analisa Olímpio Naves.