Com R$ 115 mil lucrados, clássico carioca decepciona

O jogo entre Flamengo e Botafogo, realizado no estádio do Engenhão, terminou empatado. Com belo gol de falta, o time alvinegro chegou a liderar o confronto, mas foi alcançado pelo rival rubronegro após cometer pênalti. O lucro obtido pela dupla na arena, de R$ 115 mil, porém, esteve abaixo de outras partidas que não contaram com o fator "clássico".

O lucro foi compartilhado entre ambos. O Flamengo embolsou R$ 56 mil, enquanto o Botafogo levou R$ 59 mil. Esse valor é levemente diferente porque a equipe rubronegra teve de pagar R$ 3 mil a mais em penhoras. Caso contrário, depois da partilha, os rivais teriam lucrado exatamente a mesma quantia.

A título de comparação, o Cruzeiro, que também joga fora do Mineirão desde seu fechamento para obras, enfrentou o Atlético-PR e ganhou R$ 149 mil. O Santos, na Vila Belmiro, diante do Palmeiras, também obteve desempenho superior e faturou R$ 126 mil.

O maior lucro da rodada pertence ao Corinthians. O time alvinegro empatou com o Ceará no Pacaembu pelo placar de 2 a 2, viu a liderança do Campeonato Brasileiro escapar por entre os dedos, mas embolsou R$ 590 mil com a partida.

Os piores resultados em dinheiro arrecadado pertencem a Grêmio Prudente, que teve prejuízo de R$ 3,5 mil; Vasco, com lucro de R$ 4,6 mil; e Avaí, que depositou nos cofres cerca de R$ 11 mil.