Com São Paulo e Vasco, Brasileirão reverá “Torcida Ale”

Em 2009, Ale "escondeu" frentistas em fotos da torcida do Fla

A distribuidora de combustíveis Ale, cotista máster do Flamengo em 2009, tinha uma assinatura para suas ações voltadas à torcida rubro-negra. A estratégia de ativação no clube carioca era concentrada no conceito “Torcida Ale”, que voltará a ser trabalhado, com um perfil diferente e novos parceiros, durante o Campeonato Brasileiro deste ano.

Ainda não existe um cronograma de implantação do projeto, mas a ideia da Ale é fazer ações com “Torcida Ale” na fase final do Campeonato Brasileiro de 2011, quando a competição estiver mais acirrada. A empresa fará iniciativas focadas em adeptos de São Paulo e Vasco, times da elite nacional que ela patrocina nesta temporada.

Um exemplo de ação desenvolvido pela Ale com esse conceito em 2009 foi feita com fotos da torcida do Flamengo em jogos do Campeonato Brasileiro. A distribuidora de combustíveis fez uma imagem gigapanor"mica e escondeu cinco frentistas no meio do público. Depois, desafiou internautas a encontrar os personagens.

Além do foco no torcedor, um conceito que a empresa manterá no “Torcida Ale” é o uso de mídias digitais. A diferença é que a campanha de 2011 deve explorar com mais ênfase as redes sociais, plataformas que ainda não eram tão desenvolvidas na temporada em que o Flamengo conquistou seu último título nacional.

“O que nós queremos é sair do quadrado. Não podemos somente colocar a marca na camisa de um clube e esperar que o retorno aconteça apenas com exposição. Precisamos interagir”, disse Carlos Eduardo Cotta, diretor de marketing e planejamento da Ale.

Neste ano, a empresa investirá cerca de R$ 30 milhões em associações ao esporte. A Ale também patrocinou o Cruzeiro no Campeonato Mineiro, mas o contrato não será renovado para o Brasileirão.