Com Universal, G7 Cinema planeja filme da UCL

Messi, que venceu Cristiano Ronaldo na semifinal, pode estrelar filme

Messi, que venceu Cristiano Ronaldo na semifinal, pode estrelar filme

A final da Liga dos Campeões da Uefa, entre Barcelona e Manchester United, será aguardada ansiosamente por Gustavo Ioschpe. O dono da G7 Cinema, responsável pela produção de nove obras voltadas para o futebol brasileiro, pretende tornar a empresa em player global nesse nicho e vê na competição a porta de entrada.

A G7 já tem acordo fechado com a Universal Pictures. Caso consiga a autorização da Uefa para produzir filme sobre o torneio continental, na mesma linha do que já fez no Brasil com clubes como Grêmio, Internacional, São Paulo e Corinthians, a companhia norte-americana irá se encarregar pela distribuição da película.

"Se o negócio der certo, nós faremos a produção, entregaremos o produto pronto para a Universal, e eles colocam no cinema, em DVD, nos canais de televisão e na internet, fazem com que chegue nas mãos das pessoas", afirma Ioschpe em entrevista à Máquina do Esporte. A anuência da Uefa, contudo, ainda é necessária.

Até o momento, a G7 já apresentou à entidade máxima do futebol europeu o projeto, com as especificações do que gostaria de fazer com a Liga dos Campeões, e amostras de filmes que já produziu no Brasil. "Eles não têm impedimento contratual, ficaram impressionados com o que fizemos, então a chance é muito boa", diz o empresário.

Outra participação tida como relevante para a realização do trabalho, porém não determinante, é a do campeão. Em todos as obras que desenvolveu no mercado brasileiro, a produtora contou com o auxílio dos clubes envolvidos para atrair a torcida, conseguir depoimentos para incluir nas obras e divulgar o produto final.

Por essa razão, Ioschpe espera pela grand finale entre Barcelona e Manchester United para iniciar as conversas com o campeão. "Essa participação não é obrigatória, mas é positiva", avalia. Após o confronto entre as equipes de Messi e Rooney, independentemente de quem vencer, a certeza é de que será um bom negócio.

Leia mais:

Com filmes de futebol, G7 Cinema capitaliza paixão de torcedores