Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Como fizemos: "Estreia de ativações na Arena Corinthians"

Confira o relato de como foram ativados os patrocínios na estreia do Corinthians no Paulistão

Vinicius Manfredi de Azevedo, gerente de marketing da Arena Corinthians, especial para Máquina do Esporte Publicado em 30/01/2020, às 17h25

Imagem Como fizemos: "Estreia de ativações na Arena Corinthians"

Vinicius M. Azevedo, Gerente de Marketing da Arena Corinthians

Além da vitória por 4 a 1 dentro de campo, a estreia do Corinthians na Arena Corinthians em 2020 foi movimentada também além das quatro linhas. No último dia 23 de janeiro, o palco do jogo entre Corinthians e Botafogo-SP recebeu um jogo comemorativo e cinco ativações de patrocinadores e parceiros comerciais, além das ações programadas regularmente.

Vale ressaltar que essa movimentação é importante pelos seguintes pontos:
- Manutenção da história do clube ao promover o resgate do título de 2000
- Ativação de produtos licenciados no matchday
- Mais uma iniciativa inclusiva
- Aproximação das marcas com os torcedores a partir de ações interativas
- Patrocinadores demonstrando o interesse em se destacar, indo além da visibilidade entregue pela camisa e demais ativos padrões (backdrop, uniforme de treino, placas no CT, etc.) 

O Jogo Festivo
Os portões abriram mais cedo que o normal (18h30) e, a partir das 19h30, o público presente acompanhou um jogo festivo entre uma equipe formada por jogadores do elenco campeão do mundial em 2000, há 20 anos, e uma outra formada por jogadores de diversas gerações, inclusive com a presença de Danilo e Anderson Polga, campeões mundiais em 2012.

O jogo, promovido pelo clube, contou também com um trabalho de resgate histórico a partir da identidade visual nos telões e LEDs do estádio. À medida que chegavam ao estádio, os torcedores eram surpreendidos com uma arte alusiva ao telão da final no Maracanã em 2000 e com o canto do “Todo Poderoso Timão” ecoando no sistema de som da Arena, reproduzindo o feito da torcida na chamada “segunda invasão corintiana”.

Além disso, após o final dramático da partida, vencida de virada por 2 a 1 pelo time de 2000, com dois gols do ex-atacante Dinei, sendo um deles no último lance, torcedores e jogadores puderam viajar no tempo. As luzes do estádio foram apagadas, os jogadores ficaram abraçados na linha do meio de campo e o telão reproduziu os gols dos três primeiros jogos do Corinthians em 2000. A ideia foi reviver a decisão, mas sem imagens das jogadas. Em uma saudação também ao saudoso Luciano do Valle, a narração de todos os pênaltis da disputa ecoou no sistema de som da Arena. A cada batida, o placar era atualizado, lembrando a noite de 14 de janeiro de 2000. Após o fim da narração, Oswaldo de Oliveira levou o troféu aos jogadores, que fizeram uma volta olímpica para celebrar o momento junto aos torcedores presentes.


Jogo festivo que reuniu jogadores campeões mundiais do Corinthians - Fotos: Agência Corinthians

Abaixo, alguns detalhes das ativações realizadas no estádio:

UniDrummond
Recentemente, a universidade anunciou o lançamento de um campus dentro da Arena. As obras estão a todo o vapor, e as primeiras turmas devem começar ainda nesse semestre. Além do plano de mídia em que a universidade está investindo, algumas ações para a captação de candidatos para o vestibular foram feitas a partir dos ativos do clube.

No jogo, foram duas iniciativas da marca:

- Novo material de divulgação veiculado nos telões e anéis de LED, apresentando o projeto e convocando para o vestibular do dia 1º de fevereiro;

- Profissional da universidade fazendo a tradução da coletiva de imprensa do técnico Tiago Nunes em libras após a partida. Apoiar iniciativas inclusivas na Arena é algo que está na agenda estratégica da parceria, uma vez que educação e inclusão têm total sinergia e são duas plataformas propositivas.


Imagem: frame do vídeo veiculado nos telões - Foto: Divulgação/Corinthians

Mendorato
No fim do ano passado, a Santa Helena lançou o Mendorato Corinthians, identificando uma oportunidade de consumo do produto durante jogos de futebol, seja no estádio, em casa, em um bar ou onde o torcedor estiver acompanhando a partida.

O produto é vendido no varejo e também na Arena Corinthians. Para estimular o consumo a partir da associação da marca e da ocasião, a empresa fez uma distribuição de produtos em um dos portões de acesso do estádio e também na saída. Após o término do primeiro tempo, a marca ainda promoveu o Desafio do Intervalo, oferecendo um kit de produtos para todos os que foram ao campo para bater pênaltis, transmitindo todos os chutes nos telões com uma máscara da marca e locução ao vivo. Na sequência, um vídeo promocional do produto também foi exibido nos telões.

Ativação da Mendorato durante a estreia do Corinthians - Foto: Rodrigo Coca (Ag. Corinthians)

Jequiti
O público presente pôde participar da escolha da fragrância do perfume oficial do Corinthians, que será lançado ainda este ano pela empresa de cosméticos. Foram apresentadas três opções aos torcedores. 

Tanto o Corinthians quanto a Jequiti apostam bastante no projeto, uma vez que o mercado de cosméticos tem um grande potencial a ser explorado.

ALE
Repetindo a ação feita no aniversário de 109 anos do clube, o patrocinador trouxe o “maior torcedor do mundo” para saudar a torcida no primeiro jogo da temporada em casa. 

O “bonecão do posto” corintiano tem 23 metros de altura e conta com mais de 4,5 metros de largura, destacando-se em meio ao público presente.

O "bonecão" da Ale dentro da Arena Corinthians - Foto: Rodrigo Coca (Ag. Corinthians)

Midea
A multinacional fabricante de eletrodomésticos, que se tornou patrocinadora do clube nessa temporada, contou com as seguintes iniciativas para estrear a promoção da marca na Arena Corinthians: 

- Material institucional da marca nos telões e LEDs do estádio com o intuito de apresentar a empresa;

- Telão interativo com a câmera “Loucos por Corinthians”, que destacava no telão os torcedores mais agitados quando a torcida inflamava durante os dois tempos da partida;

- Lançamento do showroom Midea no átrio, localizado no 5º andar do setor oeste. O espaço serviu para apresentar todos os produtos da marca para o torcedor.


Ativações da Midea durante a partida na entrada do estádio e no telão - Foto: Rodrigo Coca (Ag. Corinthians)

Além dessas atividades em destaque, os serviços e as ações de rotina do matchday seguiram regularmente:

- Anunciantes dos telões e demais ativos de mídia
- Acompanhamento do pré-aquecimento no aquário
- Visita ao banco de reservas para foto no pré-jogo
- Espaço TEA
- Área kids com atendimento gratuito
- Presença da mascote
- Ativações de parceiros dos camarotes
- Sessão de autógrafos pós-jogo na zona mista

Mesmo em um jogo bem movimentado como esse, o desafio mais difícil ainda é fazer o público entrar mais cedo no estádio, o que facilitaria a operação e aumentaria consideravelmente o potencial de geração de experiências e entretenimento, bem como o consumo de produtos.

A reflexão que deixo para o final é: caso fosse permitida a venda de bebidas alcoólicas nas praças desportivas em São Paulo, quantos torcedores entrariam mais cedo, aumentariam a conexão com o clube, com os estádios, com os patrocinadores? Quantos novos parceiros se interessariam em ativar sua marca com as massas apaixonadas, oferecendo entretenimento para o público nesse período ocioso?

Que um dia possamos fazer um brinde ao matchday, ou melhor, no próprio matchday.