Confiante, Palmeiras mantém estreia de nova camisa 3

Nesta semana, o Palmeiras lançou o seu novo uniforme 3. Nesta quinta-feira, o time fará a estreia da nova camisa, que remete ao modelo usado em 1993, quando o clube saiu de um jejum de 17 anos sem título. O problema dessa “reestreia” é a situação esportiva vivida pelo time, que precisa reverter um placar de 2 a 0.

A disputa é válida pela Copa Bridgestone Sul-Americana, e o jogo desta quinta-feira é a partida de volta do confronto contra o Vasco. A estreia da nova camisa já estava planejada para essa ocasião antes do time sofrer um placar adverso, e ela não deverá ser alterada.

Questionado se o modelo poderia ser mal visto pelos torcedores caso sua reestreia aconteça com uma eliminação, o diretor de marketing do Palmeiras, Rubens Reis, ponderou a situação. “Isso é uma faca de dois gumes, se o time vencer, o apelo da camisa será maior”, afirmou.

O marketing do Palmeiras ainda não tem números de venda, já que o modelo foi lançado há poucos dias. Ainda assim, o clube comemora o que tem sido uma boa aceitação da torcida com o uniforme que remete à fase mais vencedora do time nas últimas décadas.

O lançamento de camisa 3 no Palmeiras é colocado pela Adidas, fornecedora de material esportivo do clube. O marketing palmeirense apenas aprovou a sugestão. Nos últimos anos, o modelo que mais fez sucesso foi com a cor verde fosforescente. A camisa, ausente desde 2008, não foi definitivamente aposentada, mas não há perspectiva de um relançamento.