Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Conselho gremista aprova início de arena

Conselho gremista aprova início de arena

Redação em São Paulo - SP Publicado em 18/12/2008, às 10h00 - Atualizado às 12h00

O Grêmio espera assinar nesta sexta-feira o contrato com a construtora OAS, que será responsável pela construção de um novo estádio para a equipe. O acordo foi aprovado pelo conselho deliberativo do clube gaúcho, depois de uma reunião que durou quase seis horas. ?Foi uma coisa maravilhosa para o Grêmio. Está tudo definido, juridicamente acertado, faltando apenas a assinatura. Agora vamos examinar novamente os contratos e depois colocar as coisas no papel?, avisou Paulo Odone, presidente do time tricolor, em entrevista coletiva. O encontro definiu que serão constituídas duas empresas, ambas com capital totalmente gerado pela OAS. A primeira cuidará de todos os aspectos relacionados ao terreno em que será construído o estádio, e a outra, chamada de superficiária, assumirá a responsabilidade de tocar a obra. Essa superficiária será constituída por cinco pessoas, entre membros da construtora e da diretoria do Grêmio. Os representantes da equipe terão privilégios na hora de votar ou tomar decisões sobre o andamento do projeto. Além disso, a Grêmio Empreendimentos, empresa que inicialmente seria criada para atuar como sócia no projeto da arena, agora atuará apenas como co-gestora. A mudança no modelo de atuação foi o ponto que gerou mais discussão na reunião do conselho deliberativo da equipe gaúcha. Depois de as dúvidas terem sido dirimidas, houve nova polêmica sobre a formação do conselho da Grêmio Empreendimentos (o conselho precisaria eleger sete representantes para atuar na empresa). A obra da nova arena do Grêmio terá início no segundo semestre de 2009, com término previsto para 2012. O time tricolor espera incluir seu estádio no projeto de Porto Alegre para a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil. A Fifa anunciará em março as cidades que receberão jogos do torneio, e a capital gaúcha apresentou o Beira-Rio, do rival Internacional, em sua candidatura.