Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Contra pirataria, Premier League abre escritório em Cingapura

País asiático é primeira operação internacional da liga inglesa de futebol

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 15/01/2019, às 10h42 - Atualizado às 12h42

Imagem Contra pirataria, Premier League abre escritório em Cingapura

A Premier League anunciou uma novidade histórica. Nesta segunda-feira (14), a liga nacional de futebol mais importante do mundo abriu seu primeiro escritório internacional. O local escolhido foi Tanjong Pagar, em Cingapura, na região da Ásia-Pacífico.

Foto: Reprodução / Twitter (@premierleague)

De acordo com a própria Premier League, a decisão foi tomada por dois motivos que estão intimamente ligados: o primeiro e principal é combater a pirataria, enquanto o segundo é apoiar os parceiros que possuem os direitos de transmissão na região.

Com o escritório, a liga conseguirá implantar com maior facilidade um programa de fiscalização próprio em diversos mercados do continente asiático. É, portanto, um passo definitivo nos esforços antipirataria. Recentemente, a Premier League vem tomando medidas contra aplicativos ilegais. A última foi ao lado de autoridades tailandesas contra fornecedores de dispositivos de streaming ilícitos.

Ao mesmo tempo em que combate aqueles que não possuem os direitos de transmissão, a liga ainda promete ajudar os licenciados a ativar os próprios direitos e até promover a concorrência com outros interessados.

"A região da Ásia-Pacífico é estrategicamente importante para a Premier League e seus clubes. Cingapura oferece uma excelente localização para nosso primeiro escritório internacional, e esperamos usar essa base para apoiar nossos muitos parceiros de transmissão em toda a região. É fundamental, igualmente, que agora implantemos recursos locais e conhecimentos especializados para combater a crescente ameaça da pirataria, o que prejudica todos os interessados ​​na indústria criativa", declarou Paul Molnar, diretor de transmissão da Premier League e membro da Coalizão Contra a Pirataria na Ásia.

Vale ressaltar que o mercado asiático tem se tornado cada vez mais o foco da liga inglesa. Em 2015, em Cingapura, e em 2017, em Hong Kong, a Premier League realizou torneios de pré-temporada que foram sucesso de público. Além disso, diversas empresas asiáticas têm assinado contratos de patrocínios com clubes ingleses, seja global ou ao menos regional.

A Premier League é a segunda liga de futebol europeia a abrir um escritório na região da Ásia-Pacífico. Cingapura também é sede de um local de trabalho da Bundesliga, a liga alemã, desde 2012.