Contrato expira, e Goiás tenta renovar com Ambev

Time espera que cervejaria invista em categorias de base em 2012

Time espera que cervejaria invista em categorias de base em 2012

A parceria firmada entre Ambev e Goiás em agosto do ano passado terminou. O contrato, de um ano, está sendo renegociado por ambas as partes, e a expectativa é que a prioridade da cervejaria no clube alviverde passe a ser a formação de novos jogadores de futebol.

"Eles devem entrar para nos ajudar no departamento amador, em categorias de base, mas ainda não assinamos um novo contrato", explica Marco Goulart, gerente de marketing da equipe goiana, que conta que a empresa permaneceu próxima mesmo sem acordo formal.

As escolinhas do Goiás contam com aproximadamente quatro mil alunos, de três a 16 anos de idade, de acordo com Goulart. Apesar de as negociações ainda não terem findado, espera-se que a Ambev faça investimentos para aprimorar a estrutura dessas crianças.

A companhia de bebidas tem se destacado por aportes voltados para a infraestrutura dos times de futebol, a exemplo do que planeja o clube alviverde. Até o momento, já fez melhorias em dependências dos quatro clubes cariocas na primeira divisão e do Cruzeiro.

A respeito de outras negociações, o Goiás tem recebido sondagens de empresas interessadas em comprar cotas para a próxima temporada, mas ainda não há novidades. Antes, a equipe terá de assegurar matematicamente a permanência na Série B do Campeonato Brasileiro.