Copa perde para recorde de Libertadores na Globo

O Brasil venceu a Costa do Marfim por 3 a 1 no último domingo e assegurou vaga antecipada nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2010, em partida que contou com golaço de Luis Fabiano e expulsão de Kaká. Ainda assim, a Globo não conseguiu com esse jogo uma audiência melhor do que seu recorde na Copa Libertadores deste ano.

Na competição de clubes, a emissora carioca chegou a marcar 42 pontos com o segundo duelo entre Flamengo e Corinthians, que classificou os cariocas para as quartas-de-final. No último domingo, Brasil x Costa do Marfim rendeu “apenas” 41.

Pesa contra o jogo do Brasil o fato de ter acontecido em um domingo – tradicionalmente, as maiores audiências da Globo com o futebol são registradas em meios de semana. Além disso, Copas costumam proporcionar reuniões para assistir às partidas, o que diminui a quantidade de televisores ligados e reduz o Ibope.

No entanto, o resultado do segundo jogo do Brasil na medição de televisores sintonizados representa uma queda para a Globo. Na estreia (vitória por 2 a 1 sobre a Coreia do Norte), o canal carioca havia registrado 44 pontos, sua melhor audiência com o futebol em 2010.

A Bandeirantes não teve queda similar. Nos dois jogos da Copa do Mundo de 2010, a emissora paulista registrou dez pontos de audiência. Em ambos, chegou a picos de 11 pontos no Ibope. No último domingo, isso a colocou na vice-liderança do horário.

Cada ponto no Ibope é equivalente a 58.300 domicílios sintonizados. Os dados da medição consideram apenas a audiência de São Paulo, região de referência para o mercado publicitário.