Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Copa turbina meta de receita do turismo sul-africano

Redação Publicado em 30/06/2010, às 09h00 - Atualizado às 12h00

Duas depois de o comitê sul-africano de turismo ter divulgado uma projeção de crescimento entre 20% e 25% para este ano em função da Copa do Mundo, o segmento recebeu mais um argumento para comemorar os efeitos da competição esportiva na África do Sul. Segundo um estudo da consultoria Grant Thornton, o evento deve ter um impacto de US$ 1,1 bilhão para a área no país-sede.

O levantamento considera diferentes aspectos, como a média de ocupação de hotéis e as passagens aéreas, para tentar medir o quanto a Copa do Mundo gerou de impacto ao turismo da África do Sul. Segundo o estudo, cidades africanas atraem um contingente médio de cem mil turistas a cada partida da competição.

A pesquisa complementa dados positivos divulgados recentemente pelo comitê de turismo da África do Sul. O órgão revelou que o país teve um incremento de 24,48% no volume anual de turistas que entraram na região.

Ainda não existem valores oficiais sobre a quantidade de turistas que a África do Sul recebeu para a Copa do Mundo. Danny Jordaan, diretor-executivo do comitê organizador local, chegou a falar em 456 mil pessoas.

Esse número é resultado de uma campanha de marketing que o país iniciou assim que a Copa do Mundo de 2006 acabou. A África do Sul investiu cerca de US$ 100 milhões somente para divulgar o país como destino turístico.