Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Corinthians adianta dois anos de verba do banco BMG

Presidente Andrés Sanchez explicou contrato entre clube e patrocinador

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 28/01/2019, às 08h46 - Atualizado às 10h46

Imagem Corinthians adianta dois anos de verba do banco BMG

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, concedeu uma entrevista coletiva após a partida do time, contra a Ponte Preta, no sábado (26), para explicar os valores da parceria entre o clube e o BMG, apresentado como patrocinador máster há duas semanas.

Foto: Reprodução

O dirigente confirmou que o clube recebeu R$ 30 milhões, mas que a quantia se refere a um adiantamento dos dois primeiros anos de contrato, mais R$ 6 milhões de projeção de lucro da parceria com o banco no período.

"Os R$ 30 milhões foram para fazer o fluxo de caixa do clube. É um banco, uma sociedade, se a gente precisar de dinheiro podemos negociar com eles. Somos sócios de uma plataforma digital do banco", explicou Sanchez.

Na última sexta-feira (25), a Máquina do Esporte revelou os valores do acordo entre Corinthians e BMG, até então mantidos em sigilo. O clube receberá R$ 12 milhões ao ano pelo patrocínio, além de 50% dos lucros referentes aos produtos financeiros criados em parceria com o banco.

Quando a parceria foi apresentada, o clube não revelou os valores reais, mas deixou entendido uma quantia maior. O único dado apresentado foram os R$ 30 milhões à vista, sem a especificação de que essa verba se referia a dois anos de adiantamento por parte do BMG.

A principal aposta da diretoria corintiana está na plataforma "Meu BMG Corinthians", que funcionará como um banco da equipe, com as divisões por igual do lucro. O clube mira um alto rendimento com a iniciativa.