Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Corinthians terá três marcas em amistoso

Corinthians terá três marcas em amistoso

Gustavo Franceschini em São Paulo - SP Publicado em 16/01/2009, às 15h00

O Corinthians não terá camisa limpa no amistoso contra o Estudiantes, que acontecerá no próximo sábado, no Pacaembu. Nada menos que três marcas estamparão o uniforme do clube do Parque São Jorge. A montadora Ford deve exibir seu logo no peito, enquanto a Vivo vai ?assinar? o ombro e a Locaweb as mangas. Os três acordos foram confirmados pelo diretor de marketing do clube, Luis Paulo Rosemberg, à Máquina do Esporte. O maior aporte seria da montadora, que pagaria R$ 250 mil por apenas um confronto. "Com essa ação, estaremos conectados às duas maiores comunidades de São Paulo, os fiéis torcedores e os mais de 13 milhões de clientes da operadora no estado", disse Hugo Janeba, vice-presidente de marketing e inovação da Vivo, em nota oficial. As três negociações, no entanto, não deverão se estender para o restante do ano. Segundo o dirigente, não há novidades nas conversas pelos patrocínios do Corinthians para 2009. No lançamento da bola oficial do Campeonato Paulista, que aconteceu na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF) na última quinta-feira, Andrés Sanchez, presidente do clube, falou sobre as especulações. ?Eu não vou dizer quem está negociando. Vocês estão falando de muita gente. Já disseram Caixa, Bradesco, Itaú, aquela Fly Emirates. Acho que uma hora vocês vão acertar não é? Ou não, talvez?, provocou o mandatário. A conversa, aliás, aconteceu pouco depois de Palmeiras e São Paulo e anunciarem, respectivamente, acordos master com LG e Samsung. Como não poderia deixar de ser, o presidente corintiano provocou os rivais do Morumbi, que fecharam por R$ 18 milhões após especularem R$ 30 milhões. ?O nosso time é humilde. Nós continuamos acreditando em R$ 20 milhões só para o peito, mas isso é só um desejo, e não uma promessa. Eu torço para que o São Paulo consiga o valor que ele quer. Mas eu corro nu no Parque São Jorge, para não dizer na avenida Paulista, se eles conseguirem?, concluiu.