Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte

Coritiba chama sócios com uniforme III

Duda Lopes em São Paulo - SP Publicado em 01/07/2010, às 08h00 - Atualizado às 11h00

Imagem Coritiba chama sócios com uniforme III
 - Crédito Redação

- Crédito Redação

O Coritiba lançou nesta terça-feira uma campanha para que os seus sócios façam o novo terceiro uniforme do clube. Até o dia 5 de julho, eles poderão enviar uma sugestão de desenho. Serão selecionados três, que podem também ser as versões originais ou mistura das sugestões apresentadas. Os escolhidos entrarão em votação, também fechada aos sócios.

A estreia do novo uniforme acontecerá no jogo da volta ao estádio Couto Pereira, que ficou interditado após a confusão envovendo torcedores na partida que rebaixou o time à série B do campeonato brasileiro. No retorno, o Coritiba enfrentará a Portuguesa.

A campanha faz parte do plano do clube de aumentar o número de sócios. Hoje, já são dez mil. No início de 2010, eram menos de três mil associados. A ideia começou neste ano, quando o Coritiba assumiu o seu plano de sócio-torcedor. Anteriormente, o plano era terceirizado, o que, segundo o diretor de Marketing do Coritiba, Roberto Pinto Junior, desagradava o torcedor.

O clube assumiu, então, todos os associados do plano e não diferenciou mais o sócio-torcedor do sócio comum. Todos passaram a ter direito a voto e a uma série de privilégios que os aproximaram do clube. “A ideia é fazer com o que sócio participe mais do dia-a-dia do clube”, afirmou Roberto.

Além do poder de voto, o sócio ganhou 50% de desconto no PFC, o pay-per-view da Globosat. Aqueles que permanecerem em dia com o clube, mesmo com o time afastado do Couto Pereira, irão ganhar uma camiseta oficial do Coritiba. Na política de dar privilégios, cada torcedor incluso no programa recebe newsletter do time com notícias ainda não divulgadas para a imprensa.

Nessa direção, o Coritiba somou sete mil sócios. Para o final do ano, a meta é subir esse número para até 20 mil associados. Em longo prazo, o clube almeja chegar aos 50 mil sócios, o que representaria um maior conforto financeiro para a diretoria.

A escolha da terceira camisa é mais um poder que os sócios ganham. Anteriormente, o terceiro uniforme, algo que o clube usa há cerca de dez anos, deixa de estar fechado para a diretoria e a fornecedora de material, que hoje é a Lotto.

A terceira camisa tem sido uma forma do Coritiba inovar na sua vestimenta, já que o uniforme I e II tem o formato fixado no estatuto do clube. “A terceira camisa permite a gente ‘viajar’ um pouco mais no desenho. E o que é novidade sempre atrai o torcedor”, afirmou Roberto pinto Júnior.